Agência da Notícia

Mato Grosso

Agência da Notícia, Quarta-feira 21 de Outubro de 2020

1 2
:
3 4
:
3 5

Últimas Noticias

Notícias / Esporte

6 Jun 2019 - 08:44

Fluminense leva decisão para os pênaltis, mas é eliminado da Copa do Brasil pelo Cruzeiro

Após empate em 2 a 2, mineiros levaram a melhor nas cobranças e seguem para as quartas de final

O Dia

Minas Gerais - Num jogo cheio de polêmicas, com gol anulado e várias participações do VAR, o Fluminense empatou no último lance do jogo, mas foi incompetente nos pênaltis e acabou eliminado nas oitavas de final da Copa Continental do Brasil pelo Cruzeiro, após empatar em 2 a 2 no tempo normal no Mineirão. Como no Rio o placar havia sido 1 a 1, a decisão foi para as penalidades, e os mineiros fizeram 3 a 1, seguindo para as quartas de final enquanto tricolores amargaram mais uma eliminação no ano.

No Fluminense, apenas Caio Henrique converteu sua cobrança, enquanto Ganso, João Pedro — os dois que fizeram gol — e Gilberto perderam. Pelo Cruzeiro, Pedro Rocha, Sassá e Thiago Neves garantiram a classificação, mesmo com Lucas Silva e Romero perdendo.

Mesmo fora de casa, o Fluminense tentou ditar o ritmo do primeiro tempo desde o início. E o gol aos 15 minutos facilitou. Mas até abrir o placar com Ganso cobrando pênalti, foram seis minutos de muita indefinição porque Dedé fez falta em Brenner na área e o árbitro não marcou, sendo corrigido pelo VAR. O camisa 10 perdeu e Luciano marcou no rebote, mas a tecnologia viu invasão e mandou voltar a cobrança, que Ganso acertou.

Era tudo o que o Fluminense queria. Com a vantagem, o time trocou passes, fazendo o tempo passar e cometendo alguns erros na saída de bola. Em um deles, quando o jogo estava 0 a 0, Agenor errou e Robinho quase marcou.

Após o intervalo, o Cruzeiro encurralou o Fluminense, que não conseguiu sair da defesa. Até que Thiago Neves empatou aos 13, após escanteio. E Sassá ainda poderia ter ampliado, em pênalti discutível de Gilberto, mas Agenor pegou. O goleiro ainda saiu nos pés de Pedro Rocha, mas nada pôde fazer quando Thiago Neves converteu, aos 35, novo pênalti a favor do Cruzeiro, marcado pelo VAR.

Na pressão, o Flu teve chances, com Ewandro e Nino, parando em Fábio. Até que no último lance do jogo, o iluminado João Pedro empatou de bicicleta, aos 51. Mas vieram os pênaltis e de nada adiantou o golaço.

Comentários no Facebook

Comentários no Site

0 comentários

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião da Agência da Notícia. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Agência da Notícia poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.
Comentários com mais de 1300 caracteres serão cortados no limite.

Notícias Relacionadas

 
Sitevip Internet