Agência da Notícia

Mato Grosso

Agência da Notícia, Terça-feira 19 de Janeiro de 2021

0 9
:
1 6
:
4 1

Últimas Noticias

Campanha Publicitária

Notícias / Esporte

19 Jun 2019 - 09:01

Brasil derrota a Itália e confirma classificação na Copa do Mundo feminina

Marta alcançou a marca de 17 gols em mundiais

O Dia

O Brasil está nas oitavas de final da Copa do Mundo! Marta, após o pênalti sofrido por Debinha, deu a vitória à Seleção Brasileira por 1 a 0 sobre a Itália, nesta terça-feira, em Valenciennes, na França. Com o gol marcado no Stade du Hainaut, a camisa 10 canarinho ultrapassou o alemão Miroslav Klose e tornou-se a maior artilheira da história das Copas, com 17 gols.

A vitória por 4 a 1 da Austrália sobre a Jamaica, no outro duelo do Grupo C, deixou o Brasil na terceira posição da chave. Assim, a Seleção aguarda os últimos jogos da primeira fase para saber se enfrenta Alemanha ou França no primeiro mata-mata do torneio. 
ARTILHARIA AÉREA!
O Brasil começou o duelo sofrendo com as investidas italianas pelo lado direito da defesa, mas aos poucos, passou a ocupar o campo de ataque. O melhor momento brasileiro na etapa inicial foi em uma sequência de quatro escanteios, em que Debinha quase marcou de letra, mas parou na goleira, Marta por pouco não fez olímpico e Kathellen assustou de cabeça. 

BÁRBARA SALVA!

O time de Vadão, porém, sofria com a falta de repertório ofensivo. O Brasil limitava-se a cruzar bolas buscando Cristiane, jogada que foi bem marcada. Controlando a metade final do primeiro tempo, a Itália esteve mais próxima do gol. Em lançamento italiano para a área, Bonansea apareceu sozinha para finalizar, mas Bárbara operou um milagre na linha do gol. 

AOS TRANCOS E BARRANCOS
A equipe verde e amarelo iniciou o segundo tempo como terminou o primeiro: com dificuldade na articulação do jogo e cruzando muitas bolas na área. Ainda sim, aos trancos e barrancos, conseguia assustar em lances de bola parada. Em falta sofrida por Tamires na meia lua, Andressinha carimbou o travessão. 

A MAIOR DE TODAS!
O Brasil já havia chegado bem novamente, em desvio de calcanhar de Bia Zaneratto, que passou rente à trave. Logo depois, Debinha arrancou bonito pela esquerda, entrou na área e recebeu trombada. A juíza viu pênalti, discutível. Marta, que não tinha nada com isso, bateu forte, cruzado, ultrapassou o alemão Klose e tornou-se a maior artilheira da história das Copas do Mundo incluindo homens e mulheres. Importante por si só, o gol ainda colocou o Brasil nas oitavas-de-final da Copa do Mundo. 

Comentários no Facebook

Comentários no Site

0 comentários

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião da Agência da Notícia. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Agência da Notícia poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.
Comentários com mais de 1300 caracteres serão cortados no limite.

Notícias Relacionadas

 
Sitevip Internet