Agência da Notícia

Mato Grosso

Agência da Notícia, Domingo 5 de Dezembro de 2021

2 0
:
1 6
:
0 9

Últimas Noticias

Enquete

Na Sua opinião você é a favor ou contra a realização do carnaval em fevereiro de 2022

Notícias / Política

26 Ago 2014 - 15:25

Mendes: "Ataques não atingem a credibilidade de Taques"

Prefeito afirmou que adversários atacam por estarem perdendo

Agência da Notícia com Mídia News

 O prefeito de Cuiabá, Mauro Mendes (PSB), classificou como “lamentável” o fato de o candidato a governador Pedro Taques (PDT) ter sido alvo dos adversários durante o debate da TV Record, nesta segunda-feira (25).

Ele disse que, apesar dos ataques, o eleitorado é "esclarecido".

“É natural, mas é lamentável. Esse é o velho modo de fazer política, tentando criar factoides políticos. Mas a população, de uma maneira geral, está muito esclarecida e sabe diferenciar quem é quem. O eleitor não gosta desse tipo de postura. Porque não é esse bate-boca, esse 'blá-blá-blá' que vai resolver os problemas do Estado”, afirmou.
"É natural, mas é lamentável. Esse é o velho modo de fazer política, tentando criar factoides políticos. Mas a população, de uma maneira geral, está muito esclarecida e "
Mendes disse que Taques só é alvo por estar à frente nas pesquisas de intenções de votos, divulgadas nos últimos meses.

“É normal que todos que estão atrás, nas pesquisas, tentem atacar quem está lá na frente. Mas à distância é tão grande que esses ataques não estão atingindo a credibilidade do Pedro Taques. A história que Taques tem é muito maior do que qualquer factóide que possam querer criar”, disse.

O prefeito de Cuiabá ainda defendeu o fato de Taques ter entrado na Justiça, na semana passada, com uma queixa crime, sob o argumento de que o candidato José Riva (PDT) fez “ataques criminosos” contra a sua honra, e a de sua esposa, a advogada Samira Martins, durante uma entrevista na TV.

Na ocasião, Riva disse que o adversário e a esposa são investigados na Operação Ararath, da Polícia Federal.

Para Mendes, a assessoria jurídica do senador apenas tentou “coibir” que “mentiras” fossem espalhadas pela imprensa.

“Tenho certeza que nosso candidato pode debater qualquer tema, de qualquer natureza. Agora, não queremos fazer um debate em cima de mentiras. E é por isso que o jurídico bateu na porta do judiciário para tentar coibir esses ataques”, disse.

“O debate tem que ser feito à luz da verdade. Se for utilizado argumentos verdadeiros, o debate pode ser feito. O que não se pode deixar é que, com mentiras, ou falta de fundamento, se fique propalando informações que depois dará um trabalho grandioso para desmentir”, afirmou.

Comentários no Facebook

Comentários no Site

0 comentários

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião da Agência da Notícia. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Agência da Notícia poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.
Comentários com mais de 1300 caracteres serão cortados no limite.

 
Sitevip Internet