Agência da Notícia

Mato Grosso

Agência da Notícia, Quinta-feira 3 de Dezembro de 2020

0 5
:
1 5
:
4 5

Últimas Noticias

Campanha Publicitária

Notícias / Esporte

5 Abr 2014 - 09:58

Sesi vence Praia Clube, e semifinais terão as mesmas equipes de 2013

Equipe paulista sofre, mas derrota mineiras de virada e se garante entre os quatro melhores da Superliga feminina, ao lado de Osasco, Campinas e Rio de Janeiro

Agência da Noticia com Globo Esporte

Reprodução

Ivna foi um dos grandes nomes da partida (Crédito: Reprodução)

Ivna foi um dos grandes nomes da partida

 Não podia ser de outra forma. No confronto entre duas equipes que terminaram a primeira fase com o mesmo número de vitórias - 17 cada -, e que o confronto direto apontava dois triunfos para cada lado, o terceiro e decisivo jogo da série foi para o tie break. Aí contou a experiência e o fator torcida, que levaram o Sesi ao triunfo por 3 sets a 2, parciais de 17/21, 21/14, 19/21, 21/13 e 15/9.
Com a vitória do time paulista, os quatro semifinalistas da Superliga feminina desta temporada são exatamente os mesmos da última: Osasco, Campinas, Rio de Janeiro e o próprio Sesi. Agora, o objetivo do time comandado por Talmo de Oliveira - campeão olímpico em 1992 como jogador -, é passar pelo Osasco, que não perdeu ainda na Superliga - são 28 jogos e 28 vitórias. Mas a equipe de Sheilla e Thaísa sucumbiu diante do Sesi na final do Campeonato Sul-Americano, no início deste ano.
Na partida desta sexta-feira, o grande nome foi a meio de rede Fabiana, capitã da seleção brasileira nas últimas duas Olimpíadas. A central marcou 23 pontos, mais que um set, e foi essencial na vitória do time da casa. Outra que esteve em noite inspirada foi Ivna, que, mostrando sua tradicional raça, terminou a partida com 15 pontos.
- Antes do jogo eu falei com a Dani Lins, nem pense, onde você tiver, levanta para mim que eu estou no jogo e vou para cima. Fiquei muito feliz com minha pontuação, claro, porque eu sou central e central tem que sair e entrar o tempo todo. E a equipe jogou muito bem e está de parabéns - comentou a meio de rede
Mesmo sem Bia, uma das principais bloqueadoras da Superliga, ausente da partida por estar com dengue, o Sesi deu um show nos bloqueios, terminando a partida com 13 pontos nesse quesito, seis a mais que o rival.
- A gente tem uma consistência muito boa no bloqueio. O Praia trabalha muito a bola, não enfrenta muito então hoje a gente teve que ter um jogo de cintura muito forte - disse o técnico da equipe, Talmo de Oliveira.
O confronto foi o mesmo das quartas de final do ano passado, em que o Sesi também derrotou o Praia Clube na terceira partida. Pelo time mineiro, quem se destacou foram Monique Pavão e Mari, esta muito bem nos três primeiros sets, mas que acabou pouco acionada nas parciais decisivas.
O JOGO
No primeiro set, o Sesi começou melhor e aproveitou os erros do Praia Clube para abrir 4 a 1. As visitantes, porém, se recuperaram rapidamente e, com dois erros seguidos de Suelle, passaram à frente no placar: 9 a 8. Após a segunda parada técnica, o Praia Clube abriu vantagem e venceu a parcial por 21 a 17, com mais da metade dos pontos da equipe mineira saindo de erros do Sesi.
O segundo set começou igual ao primeiro, com as donas da casa abrindo três pontos de vantagem, que logo desapareceram, e o placar na primeira parada técnica técnica apontava 7 a 6 para o Sesi. Contudo, o treinador Talmo de Oliveira arrumou a equipe, que abriu vantagem e fez 14 a 10. No restante do set, o Sesi jogou com tranquilidade e venceu por 21 a 14.
Pela primeira vez na partida, o Praia Clube chegou na parada técnica à frente, com 7 a 5 de vantagem no terceiro set. Naquele momento, o Sesi errava muito e tinha dado quatro pontos de graça para as adversárias. O Praia chegou a abrir 12 a 8 no placar mas, no saque da experiente Carol Albuquerque, as anfitriãs viraram a partida e chegaram na parada técnica com 14 a 12 no placar. Mas com erros seguidos de Neneca e Suellen, o Praia Clube voltou a ter a vantagem e fechou o set em 21 a 19 no ataque de Monique Pavão.
O Sesi garantiu uma sobrevida na partida ao vencer o quarto set, em que liderou desde o início. Ivna e Fabi estiveram quase perfeitas e a equipe do técnico Talmo de Oliveira levou o jogo para o tie break com vitória por 25 a 13.
O quinto set começou tenso, com as duas equipes reclamando do árbitro e os pontos sendo decididos sempre após longos ralis. O jogo seguiu igual até o 5 a 5, quando o Sesi conseguiu abrir no placar. No final, 15 a 9 para a equipe da casa graças a muitos erros do time rival.

 
Sitevip Internet