Agência da Notícia

Mato Grosso

Agência da Notícia, Quarta-feira 4 de Agosto de 2021

2 1
:
4 1
:
5 1

Últimas Noticias

Notícias / Geral

17 Dez 2019 - 10:50

Juntos pelo Araguaia apresenta estudo com áreas prioritárias para recuperação de bacia

Redação

O grupo de trabalho do Programa Juntos pelo Araguaia apresentou, nesta segunda-feira (16), na Secretaria de Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável (Semad), a versão preliminar de identificação de áreas prioritárias para a recuperação ambiental de vegetação nativa e de conservação de solo e água na bacia hidrográfica do Alto Rio Araguaia.

O financiamento é do Ministério do Desenvolvimento Regional. A identificação das áreas prioritárias está sendo realizada pela Universidade Federal de Viçosa. Em parceria com as universidades e instituições que participam do grupo de trabalho do Juntos pelo Araguaia, a UFV está identificando áreas nos 27 municípios dos estados de Goiás e de Mato Grosso que compõem a fase I do programa.

Entre os mais de 30 participantes da reunião durante todo o dia estavam, além do grupo da UFV, professores da Universidade Federal de Goiás (UFG), da Universidade Estadual de Goiás (UEG), representantes da Federação da Agricultura e Pecuária de Goiás (Faeg), da Agência Goiana de Assistência Técnica, Extensão Rural e Pesquisa Agropecuária (Emater), Instituto Espinhaço e corpo técnico da Semad.

O levantamento é o mais completo raio-x já realizado na região do Alto Rio Araguaia, uma vez que analisa não apenas os aspectos ambientais, mas também sociais, para identificar as principais vulnerabilidades de cada município. As equipes da UFV percorreram cerca de 2 mil quilômetros nos dois Estados para montar o retrato atual da bacia. O chamado Índice de Vulnerabilidade Socioambiental (IVSA) foi produzido por meio do cruzamentos de dados ambientais e sociais.

Dentre as variáveis ambientais, foram identificados fatores como adequação do uso do solo, focos de calor e o potencial de erosão do solo. Nos aspectos sociais, foram analisados dados sobre alfabetização, condições de infraestrutura e moradia (saneamento, energia elétrica, acesso a água, aluguel), além da renda familiar.

Comentários no Facebook

Comentários no Site

1 comentário

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião da Agência da Notícia. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Agência da Notícia poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.
Comentários com mais de 1300 caracteres serão cortados no limite.

  • por Jeova Medeiros, em 17 Dez 2019 às 12:03

    Mais uma conversa pra boi dormir, no meio do ano, os mesmo que estão querendo recuperar o Araguaia e as outras bacias, vão está nos festivais de praia, jogando plasticos, latinha, cigarros.. etc. Então e mais uma ONG querendo dinheiro.

Notícias Relacionadas

 
Sitevip Internet