Agência da Notícia

Mato Grosso

Agência da Notícia, Quarta-feira 15 de Julho de 2020

0 8
:
1 5
:
5 2

Últimas Noticias

Notícias / Agronegócio

14 Jan 2020 - 09:12

Estudo aponta tendência de aumento da temperatura do ar em Goiás

Embrapa

Reprodução

 (Crédito: Reprodução)

Publicidade

Uma pesquisa realizada pela Universidade Federal de Goiás (UFG) e a Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa) evidencia tendência de aumento da temperatura média do ar no Estado. O estudo se baseou na temperatura média diária de uma série histórica que abrangeu o período de 1980 a 2014 em cada uma das 75 estações climáticas espalhadas pelo Estado. A partir dos dados coletados, foi aplicado o método de análise de regressão linear e que permite correlacionar variáveis. Esse método leva à formulação de uma expressão matemática, cujo cálculo possibilita a obtenção do coeficiente angular, um resultado que evidencia indiretamente tendências de alterações climáticas.  

Das 75 estações climáticas que integraram a pesquisa, 57 apresentaram valores positivos para os coeficientes angulares. Nos gráficos abaixo, isso está representado pelos coeficientes angulares maiores que zero, valores à direita das linhas pontilhadas. Isso significa que a temperatura média do ar em Goiás tende a crescer ao longo dos anos e que esse movimento deve ser mantido, tendo como base o período de 34 anos de dados avaliados pelo estudo.

A pesquisa realizada pela UFG e pela Embrapa considerou três agrupamentos de dados de temperatura média do ar para cada uma das 75 estações climáticas. Isso foi feito para melhor observar a tendência de mudança de temperatura geral ao longo de todos os meses do ano e diante de duas importantes épocas de cultivo no Estado de Goiás. A primeira entre abril e setembro (Época da seca), período dos cultivos sob irrigação; e de outubro a março, período das chuvas de primavera e do verão (Época das águas).   

Comentários no Facebook

Comentários no Site

0 comentários

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião da Agência da Notícia. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Agência da Notícia poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.
Comentários com mais de 1300 caracteres serão cortados no limite.

Notícias Relacionadas

 
Sitevip Internet