Agência da Notícia

Mato Grosso

Agência da Notícia, Sábado 19 de Setembro de 2020

0 3
:
1 0
:
3 5

Últimas Noticias

Notícias / Judiciário

17 Jan 2020 - 15:45

Juiz de SP marca depoimento de ex-governador de MT para abril

Advogados de Júlio Campos pediram a prescrição do crime, alegando que o réu já tem 73 anos

Mídia News

Mídia News

 (Crédito: Mídia News)
O ex-governador Júlio Campos (DEM) foi intimado para uma audiência, marcada para o dia 28 de abril de 2020, por conta de uma ação que apura um duplo homicídio em que ele estaria envolvido, ocorrido no ano de 2004.
 
No processo, Júlio é acusado de ser o mandante dos assassinatos do empresário Antônio Ribeiro Filho e do geólogo Nicolau Ladislau Ervin Haraly, que foram mortos em São Paulo.
 
Na decisão, publicada no último dia 18 de dezembro, o juiz Claudio Juliano Filho, da 1ª Vara do Júri do Foro Central Criminal de São Paulo, pediu que o depoimento do ex-governador seja enviado ao Judiciário paulista via carta precatória.
 
Conforme a denúncia do Ministério Público Federal (MPF), Júlio teria encomendado o crime para se apropriar de terras ricas em pedras preciosas. Com a morte do empresário, teria sido feita uma transferência fraudulenta da propriedade para dois “laranjas”: Naurirá Alves de Oliveira, secretária de Júlio, e o advogado Delci Baleeiro Souza.

Na decisão do juiz Claudio Juliano Filho, consta ainda que a defesa do ex-governador pediu pela prescrição do crime de homicídio. De acordo com os advogados, Júlio já possui mais de 70 anos.
 
“O réu está hoje com setenta e três anos de idade, circunstância que atrai a aplicação do artigo 115 do CP e, consequentemente a redução do prazo prescricional pela metade”, afirmaram os advogados na ação.
 
“Desse, modo, Excelência, requer que seja dado cabal cumprimento a decisão proferida no RHC acima mencionado reconhecendo que, quanto ao réu Júlio José de Campos a prescrição se operou, tornando prejudicada a realização do presente ato”, completaram.
 
No processo, Julio Campos ainda respondia pelo crime de formação de quadrilha. No entanto, a Justiça Paulista decretou a prescrição desse crime.
 

Comentários no Facebook

Comentários no Site

0 comentários

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião da Agência da Notícia. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Agência da Notícia poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.
Comentários com mais de 1300 caracteres serão cortados no limite.

Notícias Relacionadas

 
Sitevip Internet