Agência da Notícia

Mato Grosso

Agência da Notícia, Segunda-feira 21 de Setembro de 2020

0 2
:
4 7
:
4 8

Últimas Noticias

Notícias / Geral

25 Jan 2020 - 09:15

Em MT foram gerados mais de 400 mil empregos e índice cai se comparado a 2018

Saldo foi de pouco mais de 23 mil empregos, segundo Caged.

G1-MT

De acordo com dados do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged), Mato Grosso gerou mais de 400 mil empregos formais em 2019. Entretanto, segundo o levantamento o índice de empregabilidade caiu e o estado apresentou variação negativa de -1,31%.

No total foram 411.225 admissões e 388.165 demissões. O saldo foi de pouco mais de 23 mil empregos.

Os setores que mais geraram empregos foram comércio, serviços, agropecuária e indústria. Os dois primeiros ficaram praticamente empatados com cerca de 118 mil empregos.

Em segundo lugar vem a agropecuária com 85 mil postos de trabalho e, por fim, a indústria com 53,4 mil admissões.

2018

De forma geral, o Mato Grosso fechou 2018 com saldo positivo de 26,7 mil trabalhadores com carteira assinada.

Antes de 2018, última vez que o estado havia encerrado o ano com saldo positivo na geração de empregos formais tinha sido em 2013. À época, o estado teve saldo positivo de 6,7 mil trabalhadores empregados. Uma variação de 13,77%.

Cenário nacional

O Brasil fechou 2019 com o maior saldo de emprego com carteira assinada em números absolutos desde 2013. Os dados apontam que em 2019 houve a geração de 644.079 novas vagas de emprego, o que significa 115 mil postos a mais do que o registrado em 2018.

Comentários no Facebook

Comentários no Site

0 comentários

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião da Agência da Notícia. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Agência da Notícia poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.
Comentários com mais de 1300 caracteres serão cortados no limite.

Notícias Relacionadas

 
Sitevip Internet