Agência da Notícia

Mato Grosso

Agência da Notícia, Quinta-feira 29 de Julho de 2021

0 1
:
4 1
:
3 0

Últimas Noticias

Notícias / Política

7 Abr 2014 - 15:04

Pivetta diz que falta "lealdade"de Blairo ao propor mudar ferrovia que passará em Lucas

É muito estranho isso", disse. Não consigo entender por que e ele certamente vai ter que explicar. Eu vou continuar coerente a proposta da FICO

Só Notícias

 O prefeito Otaviano Pivetta (PDT), de Lucas do Rio Verde, criticou o senador Blairo Maggi (PR) por defender mudanças no projeto da Ferrovia Centro-Oeste, FICO, cujo projeto original contempla Lucas, que terá terminal de cargas. Pivetta diz que Blairo passou defender mudança no traçado da ferrovia, já aprovado pelo governo, que passaria a ter o trajeto de Campinorte (GO) até Água Boa (praticamente metade da extensão no projeto original).

Nessa proposta de Blairo, Lucas, Sorriso e demais cidades das regiões Médio Norte ficaram de fora. Outra proposta do senador, seria a Ferronorte de Sinop para Miritituba (Pará) e o terceiro projeto defendido pelo senador seria fazer ferrovia de Sapezal a Porto Velho (RO). Pivetta disse que a nova posição de Blairo sobre construção de ferrovias foi manifestada em entrevista a uma revista. "Achei estranha a posição do senador que (ele) sempre defendeu a FICO, participou de audiências públicas afirmando ser uma solução estratégica e importante para desenvolvimento do Centro-Oeste.

E agora, de uma hora para outra, vem com essa proposta, sem consultar as bases, as entidades de classe. Consultei Aprosoja (Associação Produtores de Soja), Ampa (Associação Produtores Algodãoe ninguém foi ouvido. Simplesmente, ele e (diretores) traddings tiveram audiência com ministro dos Transportes para apresentar essa proposta. Até então, Blairo não tomava medidas isoladas, sem consentimento de quem ele representa. Não combina com ele. De uma hora para outra ele se manifesta na mídia nacional contra a FICO !. É muito estranho", expõe o prefeito. "Faltou lealdade (de Blairo) com o setor ( agrícola) e com o Estado como o todo.

É muito estranho isso", disse. Não consigo entender por que e ele certamente vai ter que explicar. Eu vou continuar coerente a proposta da FICO. Governo federal não mudou nada, o que houve tentativa do senador em desconsiderar a fico. Tô depecionado dele com a atitude dele", atacou o prefeito, que no governo de Blairo havia sido secretário de Agricultura. "A Ferrovia Centro-Oeste fiz 5 anos que é discutida em audiências públicas, o projeto tá aprovado, teve licenciamento, está pronta para licitar e agora (ele) vem desconsiderá-la e dizer que precisa fazer outras. É muito estranho.

Houve tentativa do senador em desconsiderar a FICO", emendou Pivetta. "Não procurei falar com ele. O setor é bem representado e as entidades do setor precisam fazer com que ele venha a público esclarecer isso", apontou. "O projetos para as outras ferrovias não representa concorrência entre ferrovias. Se eu for falar, eu vou ser indelicado e prefiro que o setor cobre. Ele foi nessa audiência (com ministro para defender mudanças no traçado da FICO) com diretores das Traddings ABCD", concluiu.

Na última audiência sobre a viabilidade da ferrovia passando por Mato Grosso e indo até Rondônia, Blairo defendeu a viabilidade financeira e chegou a apontar que em 5 anos "se pagaria", ao comparar redução no frete, rapidez no transporte e outros fatores positivos. O projeto da FICO contempla vários municípios mato-grossenses para escoar a produção - Cocalinho, Nova Nazaré, Água Boa, Canarana, Gaúcha do Norte, Paranatinga, Nova Ubiratã, Sorriso, Lucas do Rio Verde, Nova Mutum, Nova Maringá, Brasnorte, Sapezal, Campos de Julio e Comodoro. A presidente Dilma disse, em fevereiro, quando visitou Lucas do Rio Verde, que deve autorizar neste semestre o início das obras da ferrovia, que custará R$ 6 bilhões.

 
Sitevip Internet