Agência da Notícia

Mato Grosso

Agência da Notícia, Sábado 5 de Dezembro de 2020

2 2
:
0 2
:
0 0

Últimas Noticias

Notícias / Judiciário

12 Fev 2020 - 08:46

Justiça condena homem que esfaqueou esposa após ceia de Natal

Crime aconteceu já na madrugada do dia 25 de dezembro, após convidados irem embora

Redação

O Tribunal do Júri de Tangará da Serra (239 km de Cuiabá) condeou a 21 anos de reclusão o réu Erivaldo Vital, que pelo feminicídio da companheira Solange de Almeida, em 2018. O crime aconteceu na madrugada do dia 25 de dezembro, após a ceia de Natal.
 
Os jurados reconheceram a materialidade e autoria do crime, bem como as qualificadoras de motivo fútil, recurso que dificultou a defesa da vítima e feminicídio (crime contra a mulher por razões da condição de sexo feminino).

O promotor de Justiça Rodrigo Ribeiro Domingues, da 1ª Promotoria de Justiça Criminal, atuou no júri que foi presidido pela magistrada Edna Ederli Coutinho.
 
Conforme a sentença, foi estabelecido o regime fechado como inicial para cumprimento da pena. Além disso, ao réu foi negado o direito de recorrer em liberdade.

Segundo a denúncia do Ministério Público Estadual, o crime aconteceu por volta das 6h do dia 25, na residência do casal, localizada no bairro Jardim Atlântida.
 
Utilizando-se de um canivete, Erivaldo Vital golpeou a companheira, por motivo fútil e mediante recurso que dificultou a defesa da vítima, por motivos banais.
 
Segundo as investigações, o denunciado e a vítima conviviam em união estável havia aproximadamente um ano e, na noite de Natal, reuniram a família para comemorar.

Naquela noite, após ingerir bebida alcoólica, o casal começou a discutir por motivo banal. Os convidados foram embora e permaneceram no local Erivaldo, Solange e uma testemunha identificada como Maria Cristiane de Jesus, que ficou sentada na área da frente.
 
Por volta das 6h, o denunciado e a vítima foram para o quarto, onde continuaram a discussão, tendo ele levado um canivete consigo. Quando já estava deitado para dormir, Erivaldo sacou o canivete e desferiu um golpe no pescoço da companheira.

Solange chegou a ser socorrida e até mesmo transferida para o Pronto Socorro de Cuiabá, mas não resistiu aos ferimentos e faleceu em 7 de janeiro de 2019.

Comentários no Facebook

Comentários no Site

0 comentários

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião da Agência da Notícia. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Agência da Notícia poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.
Comentários com mais de 1300 caracteres serão cortados no limite.

Notícias Relacionadas

 
Sitevip Internet