Agência da Notícia

Mato Grosso

Agência da Notícia, Quinta-feira 29 de Outubro de 2020

1 1
:
1 2
:
2 7

Últimas Noticias

Notícias / Judiciário

21 Fev 2020 - 09:39 | Atualizado em 21 Fev 2020 - 10:19

Julgamento de acusado de matar ‘amigo’ é adiado pela Comarca de Porto Alegre do Norte

O acusado responderá por homicídio qualificado, o crime ocorreu no ano de 2017 em Confresa.

Redação / Agência da Notícia

Agência da Notícia/Reprodução

 (Crédito: Agência da Notícia/Reprodução)
O julgamento do acusado de assassinato Celismar Cardoso de Oliveira o “Fumaça” previsto para a última quinta-feira, (20), foi adiado pela Comarca de Porto Alegre do Norte. 

A defesa do homicida pediu o adiamento do julgamento, alegando que o acusado teve seu direito de defesa violado, o argumento foi acatado pelo juiz de Porto Alegre do Norte.

Familiares se mostraram indignados com a decisão da justiça e temem pela soltura de “Fumaça” antes mesmo que seja marcada outra dada para o julgamento do caso.

Ainda não há uma nova data para a próxima audiência, por enquanto “Fumaça” continua preso e aguardando as próximas decisões da justiça.

Caso 

O crime ocorreu no mês de fevereiro de 2017 em uma residência do bairro Vila Nova, no município de Confresa, onde  a vítima e os suspeitos até então “amigos” bebiam cerveja e conversavam. 

Após uma discussão banal relacionada a uma caixa de cerveja, “Fumaça” e o segundo acusado conhecido apenas como “Saracura” mataram covardemente o jovem com golpe de faca.

“Saracura” teria segurado o rapaz enquanto “Fumaça” desferiu um golpe de faca que culminou na morte de Pablo, em seguida ambos fugiram.

No ano de 2018, “Fumaça” foi preso em flagrante pela Polícia Militar de Minas Gerais onde teria tentado matar a ex-mulher e o atual namorado da vítima. Em entrevista a polícia o mesmo se orgulhava em ter tirado a vida de Pablo Nascimento. "Saracura" continua foragido da justiça e é procurado pela polícia.

 

Comentários no Facebook

Comentários no Site

0 comentários

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião da Agência da Notícia. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Agência da Notícia poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.
Comentários com mais de 1300 caracteres serão cortados no limite.

Notícias Relacionadas

 
Sitevip Internet