Agência da Notícia

Mato Grosso

Agência da Notícia, Sexta-feira 3 de Abril de 2020

0 3
:
5 7
:
3 5

Últimas Noticias

Notícias / Geral

22 Fev 2020 - 09:13

Reitora da UFMT alega "razões pessoais" e renuncia ao cargo

Mandato de Myrian Serra terminaria no final deste ano e ela poderia tentar a reeleição

Mídia News

Mídia News

 (Crédito: Mídia News)
A professora de Nutrição Myrian Serra renunciou ao cargo de reitora da Universidade Federal de Mato Grosso nesta sexta-feira (21).
 
O ofício com a renúncia foi encaminhado a João Carlos Salles Pires, presidente da Associação Nacional do Dirigentes das Instituições Federais de Ensino Superior (Andifes).
 
Myrian alegou "razão de cunho pessoal" para deixar o cargo. No documento, anuncia que deixa as funções a partir do dia 2 de março.
 
"Por razões de cunho pessoal, comunico a minha renúncia ao Cargo de Reitora da Universidade Federal de Mato Grosso (UFMT), a partir de 02 de março de 2020", consta no documento.
 
"A partir de agora estarei em outras frentes, sempre em defesa da Educação Superior Autônoma, Pública, Gratuita, Democrática, Laica e Inclusiva", disse.
 
Eleita em 2016, Myrian encerraria seu mandato em outubro deste ano, mas tinha direito a tentar a reeleição. Em seu lugar assume o professor Evandro Soares, do departamento de Engenharia Elétrica.  
 
A reitora não espeficou quais seriam as razões para a renúncia. Porém a professora teve problemas de saúde durante o mandato. Em dezembro de 2016, ela sofreu um acidente vascular cerebral durante um evento no teatro da Universidade.
 
Myrian chegou a ficar por quase dois meses na UTI do Hospital Santa Rosa, em Cuiabá.
 
Gestão "turbulenta"
 
A gestão da reitora foi considerada por muitos "turbulenta". Ela enfrentou problemas de ordem administrativa durante sua passagem pelo cargo, inclusive com embates com o ministro da Educação, Abraham Weintraub.
 
Em razão de cortes nos orçamento, a UFMT teve o fornecimento de energia interrompido em julho do ano passado por ter seis contas não pagas, totalizando R$ 1,8 milhão.
 
Também durante sua gestão ocorreu o fechamento do tradicional zoológico, no início do ano passado. Outro problema enfrentado por Myrian à frente da reitoria foi a greve dos trabalhadores no serviço terceirizado em razão do atraso no repasse para a empresa responsável pela limpeza do campus.
 
 

Comentários no Facebook

Comentários no Site

0 comentários

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião da Agência da Notícia. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Agência da Notícia poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.
Comentários com mais de 1300 caracteres serão cortados no limite.

Notícias Relacionadas

 
Sitevip Internet