Agência da Notícia

Mato Grosso

Agência da Notícia, Quarta-feira 12 de Agosto de 2020

1 8
:
4 4
:
3 2

Últimas Noticias

Campanha Publicitária

Notícias / Judiciário

24 Fev 2020 - 09:21

Ex-vice-governador de MT tenta na Justiça suspender dívida com gráfica

Os autos não revelam o valor do débito, nem os argumentos apresentados por Fávaro

Folha Max

Mídia News

 (Crédito: Mídia News)

Publicidade

O ex-vice-governador de Mato Grosso, Carlos Fávaro (PSD), interpôs um recurso (embargos á execução) tentando suspender o pagamento de uma dívida, já reconhecida pela Justiça, cobrada pela Gráfica Print, que tem sede em Cuiabá. Os autos não revelam o valor do débito, nem os argumentos apresentados por Fávaro.
 
Em despacho publicado nesta quarta-feira (19), o juízo da 3ª Vara Cível de Cuiabá, onde tramita os autos, deu 15 dias para a Gráfica Print se manifestar sobre o recurso interposto por Carlos Fávaro.
 
“Nos termos da legislação vigente impulsiono estes autos para intimar o(s) advogado(s) da parte requerida para, no prazo de 15 dias, querendo, apresentar(em) impugnação a petição de embargos a execução, postulando o que entenderem de direito. Nada Mais”, diz trecho do recurso.
 
Segundo informações do processo, a Gráfica Print já interpôs uma petição no processo exigindo que a Justiça reconheça a prática de “ocultação de bens”, além de “negociação simulada”, por parte de Carlos Fávaro, que teria negociado uma área de 750,00 has – sem no entanto pagar o débito devido à empresa.
 
Em decisão do dia 27 de janeiro de 2020, porém, o juiz Jorge Alexandre Martins Ferreira explicou que a área já havia sido negociada antes da propositura da ação pela Gráfica Print.
 

Comentários no Facebook

Comentários no Site

0 comentários

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião da Agência da Notícia. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Agência da Notícia poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.
Comentários com mais de 1300 caracteres serão cortados no limite.

Notícias Relacionadas

 
Sitevip Internet