Agência da Notícia

Mato Grosso

Agência da Notícia, Terça-feira 2 de Junho de 2020

0 4
:
1 8
:
2 3

Últimas Noticias

publicidade

Notícias / Geral

27 Mar 2020 - 14:38

Secretário não descarta adiar novamente retorno das aulas em MT

Previsão é que as atividades sejam retomadas no dia 6 de abril, mas Governo ainda fará análise

Mídia News

Mídia News

 (Crédito: Mídia News)

Publicidade

O Governo do Estado não descarta a possibilidade de adiar o retorno das atividades escolares em Mato Grosso – inicialmente previsto para ocorre no dia 6 de abril – caso haja um agravamento nos casos de novo coronavírus, a Covid-19.
 
A informação foi confirmada pelo secretário de Estado de Saúde, Gilberto Figueiredo (PSB), em uma transmissão por meio das redes sociais no final da tarde da última quinta-feira (26).
 
A própria Secretaria trabalha com uma projeção de pico de casos da Covid-19 no Estado entre final de abril e meados de maio, justamente período em que as crianças estariam nas escolas.
 
“Provavelmente é uma decisão que vai ter que ser revista. Se tivermos em uma crise muito alta não seria recomendável voltar. Em um primeiro momento nós não tínhamos a estimativa ainda quando a situação ia se agravar”, explicou o secretário.
 
Segundo ele, quando o governador Mauro Mendes (DEM) baixou um primeiro decreto suspendendo as aulas até 5 de abril havia um cenário diferente.
 
“Tínhamos uma expectativa otimista, que esse vírus não teria grande desenvoltura na região Centro-Oeste, especialmente por conta do calor de Mato Grosso", disse.
 
"Essa decisão, nós vamos rever. Se no dia 6 entendermos que não é conveniente voltar as aulas na rede estadual, essa será a decisão do governo”, concluiu Figueiredo.
 
Até a última quinta, Mato Grosso havia contabilizado 11 casos confirmados da doença e outros 385 suspeitos.
 

Comentários no Facebook

Comentários no Site

0 comentários

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião da Agência da Notícia. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Agência da Notícia poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.
Comentários com mais de 1300 caracteres serão cortados no limite.

Notícias Relacionadas

 
Sitevip Internet