Agência da Notícia

Mato Grosso

Agência da Notícia, Sexta-feira 14 de Agosto de 2020

2 2
:
5 4
:
3 7

Últimas Noticias

Campanha Publicitária

Notícias / Agronegócio

8 Abr 2014 - 09:01 | Atualizado em 9 Abr 2014 - 10:26

Ministro da Justiça determina que Força Nacional permaneça na Suiá Missú

O Ministro José Eduardo Cardozo decidiu que a Força Nacional deve permanecer por mais 10 dias na Suiá Missú

Agência da Notícia com Redação

Publicidade

O ministro da Justiça, José Eduardo Cardozo, prorrogou por mais 10 dias a permanência da Força Nacional, no nordeste do Mato Grosso. O Governo tenta evitar que os produtores rurais expulsos da área da antiga Fazenda Suiá-Missu retornem ao local. A área foi demarcada pela Funai como Terra Indígena Marãiwatsédé. Todos os ocupantes não índios foram expulsos do local no final de 2012, mas retornaram o local no início deste ano.

Na semana passada, uma operação conjunta da Polícia Federal, Polícia Rodoviária Federal, Funai e Ministério Público Federal retirou pela segunda vez centenas de famílias que retornaram ao local ilegalmente. A operação, que foi coordenada por Nilton Tubino da Secretaria Geral da Presidência, também demoliu as construções que ainda restavam, incluindo o posto de combustíveis que deu nome à vila de ocupação ilegal Posto da Mata e os templos religiosos que haviam sido poupados na primeira operação de limpeza étnica.

Cardozo decidiu manter a Força Nacional por mais dez dias na região com objetivo de evitar o retorno das famílias. Sem ter onde ficar, a maioria das famílias expulsas foi levada para o Ginásio de Esporte do município vizinho de Alto Boa Vista.

De acordo com a portaria publicada nesta segunda-feira (07) no Diário Oficial da União a Força Nacional atuará "em ações de polícia ostensiva, na integridade física das pessoas e do patrimônio, durante o cumprimento da decisão judicial".
A Justiça também derrubou o processo que a APROSUM – Associação dos Produtores da Suiá Missú, havia aberto pedindo indenização pela terra.

Comentários no Facebook

Comentários no Site

0 comentários

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião da Agência da Notícia. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Agência da Notícia poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.
Comentários com mais de 1300 caracteres serão cortados no limite.

Notícias Relacionadas

 
Sitevip Internet