Agência da Notícia

Mato Grosso

Agência da Notícia, Sexta-feira 3 de Julho de 2020

1 6
:
4 3
:
0 4

Últimas Noticias

Enquete

Você concorda com o fechamento do comércio em Confresa?

publicidade

Notícias / Geral

29 Abr 2020 - 08:28 | Atualizado em 29 Abr 2020 - 10:30

Polícia Federal prende dois por invasão e venda de lotes em terra pública em Água Boa

O imóvel pertencente à União foi desapropriado e está atualmente sob a tutela do Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária (Incra).

Redação

Reprodução/Ilustrativa

 (Crédito: Reprodução/Ilustrativa)

Publicidade

A Polícia Federal prendeu em flagrante, nesta terça-feira (28/4), dois homens por crime de invasão da terra pública “Fazenda Nacional”, localizada a 120 km de Água Boa na região do distrito da Serrinha. Os indivíduos foram detidos no interior da propriedade.
 
O imóvel pertencente à União foi desapropriado com custo ao erário de cerca de R$ 37,3 milhões, estando atualmente sob a tutela do Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária (Incra).
 
As investigações apontam que os suspeitos estariam cometendo diversos crimes ambientais na área, entre eles, desmatamentos ilegais e a divisão e comercialização de lotes em desacordo com a política da reforma agrária.
 
Um dos presos agia reconcentrando as terras e inviabilizando o processo de seleção dos beneficiários pelo Incra. Famílias eram incitadas a cometer o crime de ocupação do local, com a falsa promessa de que seriam beneficiadas no momento da divisão agrária.
 
A PF alerta que diversas ações policiais estão sendo realizadas no local e em outras terras públicas da circunscrição da Delegacia da Polícia Federal de Barra do Garças. Os policiais federais seguem atentos, com possibilidade de outras prisões nos próximos dias.

Comentários no Facebook

Comentários no Site

0 comentários

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião da Agência da Notícia. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Agência da Notícia poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.
Comentários com mais de 1300 caracteres serão cortados no limite.

Notícias Relacionadas

 
Sitevip Internet