Agência da Notícia

Mato Grosso

Agência da Notícia, Terça-feira 26 de Maio de 2020

0 3
:
3 9
:
0 3

Últimas Noticias

Notícias / Judiciário

30 Abr 2020 - 14:15

Cantor pagará R$ 60 mil a filhos de trabalhador morto em fazenda

O caso ocorreu em dezembro de 2016 no município de Cocalinho; TRT acatou recurso da família

Mídia News

Reprodução

 (Crédito: Reprodução)
A Primeira Turma do Tribunal Regional do Trabalho de Mato Grosso reformou uma decisão de primeiro grau e condenou o cantor Amado Batista a indenizar em R$ 60 mil, por danos morais, os filhos de um funcionário que morreu vítima de acidente de trabalho em sua fazenda, em Cocalinho (a 850 km de Cuiabá).
 
A decisão foi publicada nesta quarta-feira (29) e atende um recurso dos três filhos da vítima. O advogado do cantor, Maurício Vieira de Carvalho, informou que o pagamento da indenização já foi efetuado.
 
O caso ocorreu em dezembro de 2016. O trabalhador foi atingido na cabeça por um mourão de madeira que quebrou quando ele fazia uma cerca.
 
No ano passado, a Vara do Trabalho de Água Boa (a 730 km da Capital) negou o pedido de indenização dos filhos após concluir que o acidente ocorreu por culpa exclusiva do trabalhador.
 
No recurso interposto no TRT, os três filhos argumentaram que o pai não tinha experiência na atividade que desempenhava no momento do acidente e que cumpria ordens sem que tivesse recebido equipamentos de proteção individual ou treinamento.
 
A relatora do recurso, juíza convocada Rosana Caldas, reconheceu que o empregador também contribuiu para o acidente e, desta forma, tem responsabilidade em arcar com o pagamento de indenizações pelos danos à família.
 
“Destarte, dou provimento ao recurso nesse tópico para julgar procedente em parte o respectivo pedido e condenar o réu ao pagamento de indenização por danos morais aos autores no importe de R$ 60 mil. O valor da indenização por dano moral reflexo ou em ricochete, como no caso presente, é obtido de modo global a ser rateado entre todos os legitimados, ou seja, será dividido em partes iguais entre os autores (R$ 20 mil) para cada filho”, diz trecho da decisão.
 
O voto da relatora foi acompanhado pela maioria da Primeira Turma do TRT. 

Comentários no Facebook

Comentários no Site

0 comentários

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião da Agência da Notícia. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Agência da Notícia poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.
Comentários com mais de 1300 caracteres serão cortados no limite.

Notícias Relacionadas

 
Sitevip Internet