Agência da Notícia

Mato Grosso

Agência da Notícia, Terça-feira 26 de Maio de 2020

0 2
:
5 1
:
4 3

Últimas Noticias

Notícias / Judiciário

6 Mai 2020 - 14:23

Justiça penhora fazenda de deputada e irmãos para pagar dívida

Valor é referente a uma cédula de crédito contraída pela mãe da parlamentar no Banco do Brasil

Mídia News

A Justiça determinou a penhora de uma fazenda pertecente à deputada estadual Janaina Riva (MDB) para pagar uma dívida contraída pela mãe dela, a ex-secretária de Estado de Cultura, Janete Riva, no valor de R$ 1,35 milhão com o Banco do Brasil.
 
A decisão, publicada nesta terça-feira (5), é assinada pelo  juiz Paulo de Toledo Ribeiro Júnior, da 4ª Vara de Direito Bancário de Cuiabá. 

Defiro o pedido do exequente, e para tanto, proceda-se a penhora por termo nos autos, do imóvel rural de propriedade dos executados, junto ao Cartório do 1º Ofício de Colniza/MT”, diz trecho da decisão
Além de Janaina, a fazenda denominada Três Morrinhos e localizada em Colniza (860 km de Cuiabá), também tem como proprietários os outros dois filhos de Janete: a chef de cozinha Jessica Riva e o médico José Geraldo Riva Júnior.
 
O imóvel ainda tem como sócios o ex-vereador de Cuiabá, João Emanuel, ex-marido de Janaina, e a empresária Loureana Riva, esposa de Riva Júnior. Todos os cinco foram garantidores do contrato.
 
Em 2018, o magistrado já havia intimado a ex-secretária a pagar a dívida sob pena de penhorar a área. Como o pagamento não foi feito, ele atendeu pedido do banco e determinou a indisponibilidade da fazenda. 
 
“Defiro o pedido do exequente, constante da petição de Id 31389691. E para tanto, proceda-se a penhora por termo nos autos, na forma descrita no § 1º do art. 845 do Código de Processo Civil, do imóvel rural de propriedade dos executados, matriculado sob nº 2.049, folha 01, junto ao Cartório do 1º Ofício de Colniza/MT”,  diz trecho da decisão.
 
O processo foi ingressado pelo banco em outubro de 2017.
 
De acordo com a instituição bancária, Janete Riva adquiriu uma cédula de crédito bancária no valor de R$ 1,14 milhão, em 2015,  valor que, atualizado, já soma R$ 1,35 milhão.
 
O crédito foi usado para financiar a aquisição de máquinas e equipamentos na Fazenda Paineiras, em Juara (638 km de Cuiabá): duas colheitadeiras (uma de R$ 670 mil e outra de R$ 390 mil), uma plataforma de grãos (R$ 80 mil) e uma plataforma de corte (R$ 60 mil).
 
O Banco do Brasil relatou que tentou receber o crédito de forma amigável e extrajudicial, mas não obteve sucesso.
 
A penhora
 
O juiz determinou a intimação de todos os proprietários da Fazenda, pessoalmente ou na pessoa de seus advogados, para informar sobre a penhora.
 
“Após, oficie-se ao Cartório, informando a penhora por termo realizada, a fim de que se proceda a averbação. Em seguida, expeça-se carta precatória, objetivando a avaliação do referido imóvel penhorado”, diz trecho da decisão.
 
“Antes de analisar o pedido de hasta pública, intime-se o banco exequente para, no prazo de 10 (dez) dias, manifestar-se acerca das averbações constantes da matrícula, AV-09 e AV-10, que tratam da indisponibilidade do imóvel, conforme documento de Id 31389698, pág. 06”, concluiu o magistrado.
 
Outro lado
 
Ao MidiaNews, o advogado Dauto Passare, que representa a deputada Janaina Riva, informou que a penhora da fazenda é um processo natural, já que área foi dada como garantia do contrato.
 
Ele acrescentou, porém, que a família da parlamentar iniciou uma negociação com o banco para o pagamento da dívida e, por isso, segundo ele, o imóvel não chegará a ser bloqueado.
 
O advogado ainda ressaltou que o processo é relativo as atividades econômicas da família da deputada, não possuindo qualquer vinculação à atividade pública da parlamentar.
 

Comentários no Facebook

Comentários no Site

0 comentários

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião da Agência da Notícia. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Agência da Notícia poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.
Comentários com mais de 1300 caracteres serão cortados no limite.

Notícias Relacionadas

 
Sitevip Internet