Agência da Notícia

Mato Grosso

Agência da Notícia, Segunda-feira 3 de Agosto de 2020

0 8
:
2 4
:
4 5

Últimas Noticias

Notícias / Judiciário

7 Mai 2020 - 14:27

Polícia prende mais um por morte de empresário em Cuiabá

No último dia 21 de abril, os policiais da Derf já haviam prendido outro suspeito pelo crime

Mídia News

Publicidade

Mais um envolvido no latrocínio que vitimou o empresário Carlos Lock, ocorrido em outubro de 2019 em frente a uma agência bancária da Capital, teve o mandado de prisão temporária cumprido pela Polícia Civil na manhã desta quinta-feira (07).
 
As investigações estão sendo conduzidas pela Delegacia Especializada de Roubos e Furtos (Derf) de Cuiabá.
 
A ação faz parte da Operação Nimby, deflagrada pela Derf Cuiabá com objetivo de dar cumprimento a mandados de prisão contra envolvidos em crimes investigados pela unidade especializada.
 
Segundo o delegado responsável pelas investigações, Guilherme Berto Nascimento Fachinelli, o suspeito preso foi responsável por dar apoio na fuga do executor dos disparos que vitimaram o empresário.
 
No dia 22 de abril, os policiais da Derf Cuiabá cumpriram o mandado de prisão contra o suspeito identificado como autor dos disparos.
 
“Durante as investigações da Derf, pelo menos três pessoas envolvidas no crime foram identificadas, sendo cumpridas as prisões de dois dos suspeitos”, disse o delegado.
 
O nome da operação Nimby é um acrônimo em inglês para a expressão Not In My Back Yard, que significa "não em meu quintal", no sentido de demonstrar que a DERF Cuiabá trabalha para reprimir os crimes de sua atribuição.
 
Crime
 
O roubo seguido de morte que vitimou o empresário ocorreu no dia 1º de outubro de 2019 ocorreu em frente à agência bancária do Itaú, na Avenida Fernando Corrêa, na Capital. Na ocasião, a vítima foi até ao banco para fazer um depósito, momento em que foi abordado pelos suspeitos.
 
Ao tentar reagir ao assalto, o empresário foi alvejado por disparos de arma de fogo efetuado por um dos assaltantes, que fugiram em uma motocicleta logo após a ação criminosa. A vítima foi socorrida, porém, não resistiu aos ferimentos e morreu três dias após o crime em um hospital de Cuiabá.
 
 

Comentários no Facebook

Comentários no Site

0 comentários

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião da Agência da Notícia. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Agência da Notícia poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.
Comentários com mais de 1300 caracteres serão cortados no limite.

Notícias Relacionadas

 
Sitevip Internet