Agência da Notícia

Mato Grosso

Agência da Notícia, Quinta-feira 28 de Maio de 2020

2 0
:
3 4
:
2 5

Últimas Noticias

Notícias / Política

27 Abr 2020 - 17:00 | Atualizado em 8 Mai 2020 - 16:19

Deputado Nelson Barbudo critica ex-ministro Moro por ataques a Bolsonaro: ‘enorme decepção’

Só notícias

O deputado federal Nelson Barbudo, um dos principais aliados do presidente Jair Bolsonaro, criticou hoje o ex-ministro da Justiça, Sergio Moro, por ter saído do governo criticando Bolsonaro de ingerir politicamente na Polícia Federal ao demitir o diretor geral Mauricio Valeixo. Antes da demissão, Barbudo elogiava muito Sergio Moro e agora manifestou perplexidade e “enorme decepção”.

Em sua página, em rede social, ele diz que ficou “perplexo com as declarações e a maneira como ele agiu, fui tomado por uma enorme decepção com a postura do senhor Sérgio Moro. De forma premeditada, ele escolheu o momento mais difícil da história do Brasil para buscar mais uns segundos de autopromoção. Naquele momento saiu de cena o ídolo e entrou o vilão, ele deixou para trás o prestígio de sua conduta na Operação Lava Jato por, acredito eu, pura vaidade. Do outro lado nós, o povo brasileiro, que de forma contundente escolhemos para conduzir os destinos do país o Capitão Jair Bolsonaro. Foram mais de 50 milhões de votos em uma campanha duríssima, onde até contra a vida do nosso presidente atentaram”, atacou.

Barbudo prosseguiu em sua defesa ao presidente e ataque ao ex-ministro. “Ele foi eleito, já o senhor Moro foi nomeado, escolhido e confiado para ser um de seus auxiliares. A postura de Bolsonaro, se manteve firme, desmentiu Moro e demonstrou a união em torno de seu governo, que mantém o propósito de recolocar o Brasil nos trilhos do desenvolvimento. O episódio deixou isso claro, o projeto consagrado nas urnas, escolhido como o melhor para a população, segue em frente e seguirá. É com muito pesar e mais decepção que levanto aqui também o fato das conversas ele apresentou à mídia, que supostamente deveriam provar o que ele disse, mas não provam nada, foram calculadamente por ele pensadas, como tudo o que ele fez”.

Para Barbudo, “Moro tem um projeto de poder e ele não passa pela vontade democrática da população. Dentro do MJ, podemos citar a nomeação da cientista política Ilona Szabó para o Conselho Nacional de Política Criminal e Penitenciária (CNPCP), revogada após a revelação de que muitas das suas posições são contrárias ao desejo da maioria da população. Além disso, Moro foi contra pautas que nos são muito caras, como a liberdade de cada cidadão de se defender de ações criminosas, e até mesmo a liberdade de ir e vir, com uma portaria que autorizou a polícia a agir contra a população durante a pandemia. Estou muito desapontado com ele, mas o Brasil, como uma democracia forte, que escolheu Bolsonaro como seu líder, seguirá”, concluiu o deputado federal mais votado no último pleito.

Comentários no Facebook

Comentários no Site

0 comentários

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião da Agência da Notícia. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Agência da Notícia poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.
Comentários com mais de 1300 caracteres serão cortados no limite.

 
Sitevip Internet