Agência da Notícia

Mato Grosso

Agência da Notícia, Sábado 8 de Agosto de 2020

2 3
:
0 6
:
4 5

Notícias / Política

11 Mai 2020 - 09:22

Após críticas, Governo retira projeto de aumento salariais da AL

Parlamentares votariam a proposta em sessão realizada na noite deste sábado (9)

Mídia News

Publicidade

Após forte resistência dos deputados, o Governo de Mato Grosso retirou de pauta o projeto que concedia aumento de salários para servidores comissionados que ocupem cargos de confiança, a presidentes de autarquias e fundações do Estado.
 
A sessão extraordinária, que deveria votar o projeto, ocorreu na noite de sábado (9) de forma remota.
 
O projeto encaminhado pelo Executivo mudava o estatuto do servidor público. Os presidentes de autarquias, como do Departamento de Trânsito de Mato Grosso (Detran-MT), que ganham hoje de R$ 9,3 mil mensais, passariam a ganhar, caso a proposta fosse aprovada, R$ 18,2 mil.
 
O projeto também previa a concessão de uma verba indenizatória correspondente a 15% do salário para o procurador do Estado, diretor de tecnologia da informação e diretoria-geral da procuradoria.
 
"O intuito era que houvesse um entendimento e eu coloquei isso para o secretário da Casa Civil e para o governador. Deve haver algumas correções no projeto, mas isso será feito em outro momento".

O presidente Eduardo Botelho (DEM) afirmou que passou todo o sábado em contato com o governador Mauro Mendes (DEM) e o secretário da Casa Civil Mauro Carvalho para chegar a um acordo.
 
Isso porque, os deputados de oposição e até parte dos deputados da base acreditam que não seja o momento, visto a pandemia do novo coronavírus (Covid-9), para conceder aumento salários e dar benefícios às categorias.
 
“A base tem maioria aqui e poderia patrolar? Sim. Mas, o intuito era que houvesse um entendimento e eu coloquei isso para o secretário da Casa Civil e para o governador. Deve haver algumas correções no projeto, mas isso deverá ser feito em outro momento”, comunicou o presidente Eduardo Botelho na sessão.
 
O líder do Governo, Dilmar Dal’Bosco (DEM),  também fez parte das conversas e disse que o Executivo atendeu uma solicitação de todos os parlamentares.
 
“Todos os deputados, inclusive da base, pediram para retirar o projeto. Em um momento mais oportuno iremos discutir isso”, disse.
 

Comentários no Facebook

Comentários no Site

0 comentários

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião da Agência da Notícia. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Agência da Notícia poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.
Comentários com mais de 1300 caracteres serão cortados no limite.

Notícias Relacionadas

 
Sitevip Internet