Agência da Notícia

Mato Grosso

Agência da Notícia, Quinta-feira 28 de Maio de 2020

2 2
:
3 0
:
4 9

Últimas Noticias

Notícias / Política

12 Mai 2020 - 09:19

Emanuel: “Por enquanto lockdown não passa pela minha cabeça"

Prefeito da Capital afirmou que cidade tem se comportado bem no controle da doença

Mídia News

O prefeito de Cuiabá Emanuel Pinheiro (MDB) descarta adotar medidas mais drásticas, como o “lockdown”, para conter a propagação do novo coranavírus  na Capital.
 
“Lockdown” é quando ocorre o bloqueio total de entrada e saída do território e ainda a determinação de fechamento para que o comércio e outras atividades não essenciais. 
 
Cuiabá tem 185 casos notificados com o novo vírus e figura como a cidade com o maior número de infectados no Estado. Apesar disso, a cidade figura como a menor média diária de novos casos de coronavírus entre as capitais, de acordo com a empresa Dataglass. 
 
Segundo o prefeito, se a Capital continuar com índices considerados baixos, a tendência é que medidas como o fechamento total não sejam adotas.

"Por enquanto não passa pela minha cabeça lockdown. E Deus queira que não precise".

“Por enquanto lockdown não passa pela minha cabeça. E Deus queira que não precise. Eu quero continuar liderando essas medidas de combate à Covid-19 em Cuiabá com apoio da população e tendo a tranquilidade de que estamos evoluindo”, disse Emanuel.
 
A declaração foi feita na noite deste domingo (10) em entrevista à TV Mato Grosso.
 
O prefeito tem adotado medidas de flexibilização do isolamento social, como a abertura gradativa de atividades comerciais. Segundo o prefeito, o relaxamento ocorre na Capital devido ao baixo índice de infecção.
 
“Eu quero continuar indo no antigo Pronto-Socorro de Cuiabá,  hospital referência, e continuar mostrando que com responsabilidade, cautela e segurança, nós temos leitos de UTI e enfermarias exclusivos para a Covid-19, quero que eles continuem vazios”.
 
Ao todo a unidade tem 55 leitos de UTI e 170 de enfermaria para pacientes de coronavírus.
 
“Não quero nenhum conterrâneo ocupando esses leitos. E dessa forma iremos combatendo a pandemia sem precisar de lockdown”, completou.
 
 

Comentários no Facebook

Comentários no Site

0 comentários

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião da Agência da Notícia. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Agência da Notícia poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.
Comentários com mais de 1300 caracteres serão cortados no limite.

Notícias Relacionadas

 
Sitevip Internet