Agência da Notícia

Mato Grosso

Agência da Notícia, Terça-feira 26 de Maio de 2020

0 3
:
0 9
:
1 0

Últimas Noticias

Campanha Publicitária

Notícias / Agronegócio

15 Mai 2020 - 09:24

Preço do boi gordo pouco se alterou na semana; veja tendência

De acordo com a consultoria Safras & Mercado, a demanda fraca segue como fator de pressão sobre as cotações, e qualidade das pastagens deve começar a pesar

Canal Rural

O mercado físico do boi gordo teve preços pouco alterados nesta semana, de acordo com a consultoria Safras e Mercado. O analista Fernando Henrique Iglesias afirma que a primeira quinzena de maio vem sendo marcada por vendas muito abaixo do normal no atacado.

“O prolongamento do distanciamento social, com o fechamento de restaurantes, bares, redes hoteleiras e outros estabelecimentos, continua afetando a demanda mesmo com a proximidade do Dia das Mães, um dos pontos altos de consumo de carne bovina de todos os anos”, diz.

Segundo a consultoria, a retração econômica reduz o consumo de cortes nobres, direcionando a demanda para cortes mais acessíveis, a exemplo dos cortes do dianteiro e da carne de frango propriamente dita. “Ao mesmo tempo, a oferta tende a começar a crescer com o desgaste das pastagens provocado pelo clima mais frio e seco, fator que reduz a capacidade de retenção por parte dos pecuaristas”, informa.

O ponto de sustentação para os frigoríficos permanece na grande demanda asiática em função do déficit local no mercado de proteínas. Os embarques para a China continuam acontecendo de forma acentuada

Veja a variação de preços entre 29 de abril e 9 de maio:

São Paulo: passou de R$ 192 para R$ 194

Goiânia (GO): passou de R$ 175 para R$ 180

Uberaba (MG): ficou em R$ 184

Dourados (MS): passou de R$ 175 para R$ 176

Cuiabá (MT): passou de R$ 174 para R$ 172


Exportação

A receita diária média obtida com as exportações brasileiras de carne bovina fresca, refrigerada ou congelada foi de US$ US$ 25,456 milhões no acumulado de abril, que contou com 20 dias úteis.

Na comparação com a média diária de abril de 2019, de US$ 20,336 milhões, verifica-se alta de 25,18% no valor obtido diariamente pelas exportações de carne bovina.

Nos 20 dias úteis contabilizados em abril até o dia 30, foram exportadas 116,296 mil toneladas de carne bovina, com receita total de US$ 509,128 milhões e um preço médio de US$ 4.377,90 por tonelada.

Comentários no Facebook

Comentários no Site

0 comentários

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião da Agência da Notícia. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Agência da Notícia poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.
Comentários com mais de 1300 caracteres serão cortados no limite.

Notícias Relacionadas

 
Sitevip Internet