Agência da Notícia

Mato Grosso

Agência da Notícia, Sexta-feira 3 de Dezembro de 2021

0 1
:
5 6
:
2 4

Últimas Noticias

Enquete

Na Sua opinião você é a favor ou contra a realização do carnaval em fevereiro de 2022

Notícias / Geral

18 Set 2014 - 07:46

Focos de queimadas em terras indígenas aumentam 68%, Marãiwatsédé lidera com 388

A área de 165 mil hectares teve o registro de 388 focos de calor e o Instituto Brasileiro de Meio Ambiente acredita que a maior parte deles seja criminosa

Agência da Notícia com Redação

Agência da Notícia

O fogo destruiu toda área de pastagem que havia na reserva (Crédito: Agência da Notícia)

O fogo destruiu toda área de pastagem que havia na reserva

Segundo o Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais, (INPE), que monitora a ocorrência de focos de calor via satélite, o aumentos de focos de incêndios dentro das terras indígenas em Mato Grosso aumento 68% comparado ao mesmo período do ano anterior.

De acordo com o levantamento do INPE, as terras indígenas tiveram 3.713 focos de calor este ano, contra 2.201 focos nas terras indígenas no mesmo período do ano passado, (1 de janeiro à 15 setembro), o total é 68,69% superior.

Também houve aumento do número de terras indígenas com incidência de queimadas. No acumulado deste ano, 53 unidades foram atingidas, cinco a mais que no ano passado. A reserva indígena que mais lidera focos de incêndios está no Norte Araguaia, é a Marãiwatsédé.

A área de 165 mil hectares teve o registro de 388 focos de calor e o Instituto Brasileiro de Meio Ambiente acredita que a maior parte deles seja criminosa, ou seja, colocado de forma intencional.

Existem brigadistas em várias áreas indígenas, inclusive os próprios índios foram formados como brigadistas e trabalham no controle de incêndio nas suas reservas. A fundação Nacional do Índio (FUNAI) não quis comentar os números alarmantes.

Comentários no Facebook

Comentários no Site

0 comentários

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião da Agência da Notícia. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Agência da Notícia poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.
Comentários com mais de 1300 caracteres serão cortados no limite.

Notícias Relacionadas

 
Sitevip Internet