Agência da Notícia

Mato Grosso

Agência da Notícia, Quarta-feira 3 de Junho de 2020

1 3
:
3 7
:
5 0

Últimas Noticias

Campanha Publicitária
publicidade

Notícias / Geral

23 Mai 2020 - 08:16

“Pessoas vêm à Chapada fazer festa; acham que estão de férias”

Prefeita Thelma de Oliveira criticou aglomerações mesmo com número crescente de casos

Mídia News

Mídia News

 (Crédito: Mídia News)

Publicidade

A prefeita de Chapada do Guimarães Thelma de Oliveira (PSDB) revelou preocupação com o comportamento de muitas pessoas que – especialmente aos finais de semana – vão para a cidade e acabam promovendo festas e ignorando a recomendação de isolamento social.
 
A medida continua sendo a mais indicada para evitar a disseminação da Covid-19 (novo coronavírus), que tem sete casos confirmados no Município.
 
“As pessoas entendem que vindo pra Chapada é momento de festa. Elas se reúnem para fazer churrasco, confraternizar, para todo tipo de coisa”, disse a prefeita, em entrevista ao vivo nesta sexta-feira (22) ao MidiaNews.
 
“As pessoas acham que estamos em momento de férias, em que é pra todo mundo ficar se divertindo. E, na maioria de vezes, são pessoas que não moram no Município”, acrescentou a prefeita.
 
"As pessoas entendem que vindo pra Chapada é momento de festa. Elas se reúnem para fazer churrasco, confraternizar, para todo tipo de coisa".

Ainda durante a entrevista, Thelma de Oliveira citou o óbito registrado em Chapada dos Guimarães, de uma mulher que morava na zona rural. Ela acabou contraindo a doença, após receber visita de pessoas de outras cidades. O esposo da vítima também acabou sendo infectado.
 
Até em função dessa grande circulação de pessoas de outras cidades em Chapada é que a Prefeitura decidiu pela realização das barreiras sanitárias nas entradas do Município, às sextas e aos finais de semana.
 
Durante a live, a prefeita esclareceu, inclusive, uma fake news que foi compartilhada nas redes sociais ao longo da semana, dando conta de que a cidade seria fechada.
 
“Estamos com essa proposta da barreira sanitária educativa e preventiva. Circulou essa fake news dizendo que íamos trancar a cidade, fazer lockdown, que ninguém ia poder entrar, o que não é verdade”, disse.
 
“Não vamos proibir o ir e vir das pessoas. A barreira é para aferir a temperatura de quem chega à cidade, verificar se ela tem algum sintoma típico da Covid, caso tenha, elas serão encaminhadas a UPA para exames específicos. A pessoa só será impedida de entrar se ela se recusar a fazer esse procedimento. A barreira é para tentar minimizar os casos na nossa cidade”, concluiu a prefeita.

Comentários no Facebook

Comentários no Site

0 comentários

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião da Agência da Notícia. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Agência da Notícia poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.
Comentários com mais de 1300 caracteres serão cortados no limite.

Notícias Relacionadas

 
Sitevip Internet