Agência da Notícia

Mato Grosso

Agência da Notícia, Quarta-feira 3 de Junho de 2020

1 3
:
3 6
:
5 7

Últimas Noticias

Campanha Publicitária

Notícias / Geral

23 Mai 2020 - 08:22

Centro de Operações em Emergência em Saúde Pública avalia ações de combate à Covid-19

Análise de cenário da doença e outras medidas por parte dos municípios foram apresentadas

Redação

Publicidade

A Secretaria de Estado de Saúde (SES-MT), por meio do Centro de Operações em Emergência em Saúde Pública (COE-MT), realizou reunião no Palácio Paiaguás na última quinta-feira (21). O encontro reuniu integrantes da comissão para avaliar as ações realizadas até o momento, analisar o cenário da Covid-19 no Estado e apresentar novas medidas de controle e de diagnóstico da doença nos 141 municípios.

Em pauta, assuntos como a testagem, o sistema de notificação da doença do novo coronavírus, a metodologia de dados considerada para a elaboração do Boletim Oficial do Estado, leitos pactuados para o atendimento exclusivo para a Covid-19, fluxo de gestantes com suspeita da doença, fluxo de ocupação de leitos (IndicaSUS), protocolos clínicos e ações de governo deliberadas pelo gabinete de situação.

A equipe técnica da SES-MT que compõe o COE, representada pela secretária adjunta Executiva da SES, Danielle Carmona, e pelo secretário adjunto de Atenção e Vigilância à Saúde, Juliano Silva Melo, coordenaram a reunião.

Juliano Silva destacou que Mato Grosso tem uma situação diferente do restante do país, visto que configura entre os Estados que tem um menor volume de notificações. O gestor pontua que Estado mantém uma curva crescente e com grande disseminação do vírus, processo de escalada com presença e circulação aberta dentro da comunidade e da população.

“Precisamos continuar a organizar a resposta dos gestores para conseguir, no tempo adequado, ter condições de dar atenção às pessoas que vierem a precisar do serviço de saúde pública e privada”, enfatizou o secretário adjunto de Atenção e Vigilância à Saúde.

De acordo com o cenário atual, existem pactuados 312 leitos de UTI e 905 leitos clínicos entre 22 instituições de saúde que informaram essa disponibilização. A partir de junho, a proposta é passar a ter 337 leitos de UTIs e 926 leitos clínicos, totalizando 1.282 leitos para COVID-19. O Ministério da Saúde habilita 95% de todos esses leitos como sendo exclusivos para a doença.

Testagem

Na reunião, os técnicos do COE também analisaram as consequências da realização de testagem rápida adotada por alguns municípios – o que vem ocasionando uma diferença entre os dados dos informes diários municipais e do Governo do Estado. A equipe enfatiza que somente o teste rápido não é eficiente para fechar o diagnóstico e tem um momento certo para ser usado (entre o 3º e 7º dia de sintomas para fazer o teste).

Para ter certeza do quadro de saúde do paciente, é necessário considerar critérios como: os sintomas, a investigação epidemiológica e mais a testagem reagente para confirmar o quadro da COVID-19. A equipe técnica da SES-MT esclareceu que, para fins de estatística de casos confirmados, o método RT-PCR ainda é considerado a melhor opção – visto que é padrão ouro –, sendo eficiente e seguro para o diagnóstico da doença.

A atuação das equipes de Vigilância Epidemiológicas é subsidiada pela Nota Técnica nº 02/2020/COE, disponível neste link: http://www.saude.mt.gov.br/informe/581 .

Participaram da reunião os seguintes representantes: do Conselho Estadual dos Secretários Municipais de Saúde (COSEMMS/MT); do Hospital Universitário Júlio Muller; do Conselho Regional de Medicina (CRM-MT); Sindicato dos Estabelecimentos de Serviços de Saúde do Estado Mato Grosso (SINDESDMAT); Conselho Regional de Enfermagem; Polícia Rodoviária Federal; Polícia Civil; Comando Geral do Corpo de Bombeiros Militar; Secretaria de Saúde de Várzea Grande; Hospital Estadual Santa Casa; Superintendência de Atenção à Saúde (SAS/SES/MT); Secretaria do Complexo Regulador da SES-MT; Diretoria do LACEN MT; Superintendência de Vigilância em Saúde da SES-MT; Superintendência de Gestão Regional; Chefe do Núcleo de Inteligência; Coordenação Estadual de Vigilância Sanitária de Portos, Aeroportos, Fronteiras e Recintos Alfandegados de MT; Superintendência de Defesa Civil; Secretaria Adjunta Executiva da SES-MT; CIEVS/Cuiabá; Conselho Estadual de Saúde; Agência Brasileira de Inteligência(ABIN); Secretaria Municipal de Saúde de Cuiabá e Secretaria de Estado de Segurança Pública.

 

Comentários no Facebook

Comentários no Site

0 comentários

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião da Agência da Notícia. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Agência da Notícia poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.
Comentários com mais de 1300 caracteres serão cortados no limite.

Notícias Relacionadas

 
Sitevip Internet