Agência da Notícia

Mato Grosso

Agência da Notícia, Segunda-feira 13 de Julho de 2020

0 4
:
4 3
:
4 3

Últimas Noticias

Notícias / Política

27 Mai 2020 - 08:51

MT está preocupado com a saúde e cuidando do dinheiro público, diz governador

Os 120 respiradores e 215 monitores, além de equipamentos de proteção comprados na China chegaram em Mato Grosso nesta terça-feira (26.05)

Redação

Publicidade

O governador Mauro Mendes destacou que o planejamento da administração estadual permitiu a ação rápida de aquisição de equipamentos hospitalares a preço de mercado, na China.

Os 120 respiradores e 215 monitores, além de macacões de proteção (40 mil), protetores faciais (5 mil), máscaras cirúrgicas (500 mil) e do tipo KN95 (50 mil) comprados na China, em abril, chegaram em Mato Grosso nesta terça-feira (26.05).

Mendes agradeceu o esforço de todos os setores envolvidos que atuaram na compra e logística para entrega dos equipamentos ao Estado. Ele citou os profissionais da Secretaria de Estado de Saúde, Casa Civil e Receita Federal.

“Mato Grosso adquiriu monitores e respiradores a preços muito bons. Chegamos a pagar três vezes menos que alguns Estados pagaram por equipamentos similares. Isso demonstra a preocupação tanto com a saúde pública, como o cuidado em fazer render o dinheiro dos cofres do Estado”, afirmou o governador.

Esta foi a segunda remessa de aparelhos e equipamentos de proteção hospitalares comprados pelo governo e que chegaram da China. A primeira remessa foi de 200 camas elétricas e cinco mil óculos de proteção, que desembarcaram em Mato Grosso no dia 28 de abril. Uma terceira remessa com mais camas hospitalares e testes Covid-19 estão a caminho de Mato Grosso.

O secretário de Saúde, Gilberto Figueiredo, assegurou que os equipamentos vão melhorar de forma substancial a estratégia de enfrentamento ao coronavírus do Governo de Mato Grosso.

“São os equipamentos mais importantes, os respiradores e monitores, que precisávamos para melhorar a infraestrutura hospitalar do governo, além de aumentar nossa capacidade de enfrentamento à pandemia”, pontuou Figueiredo.

Os aparelhos e equipamentos de proteção chegaram em um avião cargueiro no início da tarde desta terça-feira, no Aeroporto Marechal Rondon, em Várzea Grande, e serão destinados às unidades da rede de saúde em todo o Estado.

Preço de mercado

Do total de respiradores, 100 são para Unidades de Terapia Intensiva (UTIs) no valor de US$ 13,4 mil, cada um, que corresponde a R$ 68,4 mil, da época da compra. O valor total pago pelos aparelhos foi de R$ 6,8 milhões (US$ 1,3 milhão).

O preço que Mato Grosso comprou chegou a ser três vezes menor do que outros Estados gastaram para adquirir equipamentos similares, conforme auditoria da Controladoria Geral do Estado (CGE-MT). Em uma das aquisições, a Secretaria de Saúde do Rio de Janeiro chegou a pagar R$ 198 mil por cada respirador, o que totalizou uma compra de R$ 59,4 milhões por 300 aparelhos.

O Estado também comprou 20 ventiladores para transporte de emergência, ao custo unitário de R$ R$ 25,5 mil, o que totalizou uma compra de R$ 510,6 mil. Neste caso, a diferença chega a ser 11,1% menor, em relação a outros Estados.


Comentários no Facebook

Comentários no Site

0 comentários

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião da Agência da Notícia. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Agência da Notícia poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.
Comentários com mais de 1300 caracteres serão cortados no limite.

Notícias Relacionadas

 
Sitevip Internet