Agência da Notícia

Mato Grosso

Agência da Notícia, Segunda-feira 10 de Agosto de 2020

0 9
:
1 3
:
0 9

Últimas Noticias

Notícias / Agronegócio

18 Jun 2020 - 10:19 | Atualizado em 18 Jun 2020 - 10:22

Mato Grosso começa este mês colher algodão e Conab avalia desenvolvimento positivo das lavouras

Só Notícias

Reprodução

 (Crédito: Reprodução)

Publicidade

A colheita do algodão deve começar este mês, em Mato Grosso. Segundo a Companhia Nacional de Abastecimento (Conab), em relatório divulgado na última semana, o desenvolvimento das lavouras no Estado tem sido “bastante positivo” e apresentado “boas condições fitossanitárias”.

“As adversidades climáticas observadas em determinadas regiões produtoras no estado não trouxeram prejuízos à cultura, pois o algodoeiro possui maior resistência ao estresse hídrico em comparação à outras espécies”, diz a Conab, em seu 9º levantamento da safra de grãos.

A Conab manteve as previsões para a cultura do algodão que já constavam no levantamento anterior. Segundo o órgão, haverá aumento de 0,3% na produtividade, que deve chegar a 4,2 mil quilos por hectare. Para o órgão, “além do clima favorável, o aumento de área, os maiores investimentos no manejo e nos pacotes tecnológicos utilizados concorrem para essa expectativa de incremento”.

Apesar de a colheita começar este mês, a maior parte dos trabalhos deve ficar concentrada entre os meses de julho e agosto, em Mato Grosso. A Conab estima que o Estado plantou 1,160 milhão de hectares na atual safra (a qual ainda não tem números consolidados, uma vez que está em andamento). Caso o resultado se confirme, será um aumento de 7% em relação à área plantada na safra anterior, 1,092 milhão de hectares.

A previsão da Conab é de que Mato Grosso produza pouco mais de 5 milhões de toneladas de algodão, 7,4% a mais que em 2018/2019. Desse total, a companhia estima que sejam 2 milhões de algodão em pluma e 3 milhões de caroço de algodão.

Comentários no Facebook

Comentários no Site

0 comentários

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião da Agência da Notícia. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Agência da Notícia poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.
Comentários com mais de 1300 caracteres serão cortados no limite.

Notícias Relacionadas

 
Sitevip Internet