Agência da Notícia

Mato Grosso

Agência da Notícia, Quarta-feira 12 de Agosto de 2020

1 8
:
2 5
:
2 3

Últimas Noticias

Campanha Publicitária

Notícias / Agronegócio

20 Jun 2020 - 09:33

Cultivo da mamona perde espaço em Mato Grosso para outras culturas e Conab estima redução de 20%

Só notícias

Arquivo/assessoria

 (Crédito: Arquivo/assessoria)

Publicidade

O cultivo da mamona deve ter redução na atual safra, em Mato Grosso. De acordo com a Companhia Nacional de Abastecimento (Conab), ainda não há números consolidados, uma vez que o plantio foi feito em março e a colheita deve começar no próximo mês. No entanto, a previsão do órgão é de que a produção mato-grossense seja 20,8% menor que em 2018/2019.

Caso a estimativa da Conab se confirme, Mato Grosso deverá produzir 1,9 mil toneladas de mamona. Na safra passada, produziu 2,4 mil toneladas. Já a área plantada deve diminuir 16%, de 2,5 mil para 2,1 mil hectares, enquanto que a produtividade deve ser 4,8% menor, de 912 quilos por hectare.

A Conab, em seu nono relatório da safra de grãos, explica o resultado negativo do cultivo de mamoma em Mato Grosso. “Ainda que grande potencial agronômico seja atribuído à cultura, sua opção tem esbarrado no aspecto comercial, em que outras opções de segunda safra, como o milho, o algodão e o gergelim apresentam maior rentabilidade e facilidade de comercialização”.

Ainda que apresente redução, Mato Grosso seguirá como seguir maior produtor de mamona no Brasil. A maior produção é prevista pelo estado da Bahia, que deve colher 30,9 mil toneladas na atual safra, cerca de 10% a mais que na temporada anterior.

Comentários no Facebook

Comentários no Site

0 comentários

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião da Agência da Notícia. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Agência da Notícia poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.
Comentários com mais de 1300 caracteres serão cortados no limite.

Notícias Relacionadas

 
Sitevip Internet