Agência da Notícia

Mato Grosso

Agência da Notícia, Terça-feira 7 de Julho de 2020

1 9
:
5 0
:
3 4

Últimas Noticias

Notícias / Agronegócio

27 Jun 2020 - 12:50

Governo recebe mais de 70 veículos para fortalecer a produção sustentável em Mato Grosso

Só Noticias

Reprodução

 (Crédito: Reprodução)

Publicidade

O governo de Mato Grosso, por meio das secretarias de Meio Ambiente (Sema), Agricultura Familiar (Seaf), Desenvolvimento Econômico (Sedec), Segurança Pública (Sesp) e Ministério Público Estadual (MPE) recebeu 71 veículos. A nova frota irá apoiar as ações realizadas pelo Estado para combater o desmatamento ilegal e fortalecimento das cadeias produtivas sustentáveis do Estado. O investimento de R$ 3,2 milhões na locação dos veículos de passeio e camionetes foi feito com recursos do Programa REED+For Early Movers (REM), viabilizados pelos governos da Alemanha e Reino Unido, pelo período inicial de 12 meses.

“A proteção ao Meio Ambiente e o fomento à Agricultura Familiar andam de mãos dadas e tem recebido atenção especial do Governo de Mato Grosso. Esses veículos vão reforçar muito às políticas públicas em andamento e colaborar para a preservação. O fortalecimento das cadeias produtivas garante mais qualidade de vida e fonte de renda para milhares de famílias de pequenos agricultores. E o combate ao desmatamento ilegal e queimadas, além da preservação por si só, consolida Mato Grosso como um estado sustentável perante dezenas de países para os quais exportamos nossos produtos”, projeta o governador de Mato Grosso, Mauro Mendes.

Nesta fase, a Empresa Mato-grossense de Pesquisa, Assistência e Extensão Rural (Empaer) vai receber 58 veículos para apoiar a execução dos subprogramas de Agricultura Familiar e Produção Sustentável, conduzidos pela Seaf e Sedec, respectivamente. A Empaer é responsável pela Assistência Técnica Rural e vai prestar vai prestar atendimento a 5.750 agricultores familiares, povos indígenas, comunidades tradicionais e médios produtores

O presidente da Empaer, Renaldo Loffi, explica que os serviços serão executados em 39 municípios do Estado e os técnicos vão atender as cadeias produtivas da pecuária leiteira, fruticultura, culturas perenes e pecuária de corte em sistema para cria de bezerros. Os veículos e os equipamentos de informática vão atender os municípios das regiões de Cuiabá, Alta Floresta, Juína, Rondonópolis e Sinop.

De acordo com Loffi, o Programa REM com essas aquisições dará um importante impulso aos trabalhos já realizados pela empresa, proporcionando mais eficiência às atividades. Considera a iniciativa de suma importância e de enorme impacto ambiental e social. Os técnicos da Empaer serão responsáveis pela assistência técnica contínua e a implantação de boas práticas nas cadeias produtivas.

Em um período de um ano serão executados dois subprogramas do REM, um para atender 3.350 agricultores familiares e povos indígenas e o outro, no atendimento a 2,4 mil  médios produtores que desenvolvem a atividade da pecuária de corte.

“A Sema acredita no fortalecimento institucional da Empaer como uma estratégia de apoio à agricultura familiar e de Mato Grosso, pois a tecnologia e o conhecimento podem avançar em cadeias produtivas sustentáveis. Esse apoio do Programa REM faz parte de toda estratégia do Estado do fortalcimento da agricultura e crescimento sustentável nas pequenas e grandes propriedades”, destaca Mauren Lazzaretti, que chefia a Sema, órgão responsável pela secretaria executiva do Programa REM.

Já Sesp, por meio do Batalhão de Policia Militar de Proteção Ambiental (BPMPA), Sema e Ministério Público estadual receberam um total de 13 veículos que irão apoiar as ações de fiscalização para o combate do desmatamento ilegal e outros crimes contra a flora.

O Programa REM remunera e premia o esforço de mitigação das mudanças climáticas de pioneiros do REDD+ (Early Movers). Mato Grosso, ao longo dos últimos onze anos, reduziu o desmatamento em 86% se credenciando para participar do programa. Além disso, lançou na Conferência do Clima, em Paris, a Estratégia Produzir, Conservar e Incluir (PCI), iniciativa inédita que integra atores do governo, iniciativa privada e terceiro setor em prol do desenvolvimento sustentável.

O contrato do REM Mato Grosso prevê recursos na ordem de 44 milhões de euros do governo da Alemanha por meio do Banco Alemão de Desenvolvimento (KfW), e o governo do Reino Unido, por meio do Departamento Britânico para Energia e Estratégia Industrial (BEIS). Os recursos do Programa estão distribuídos da seguinte maneira: 60% para os subprogramas de agricultura familiar, povos e comunidades tradicionais na Amazônia, Cerrado e Pantanal; territórios indígenas; e produção sustentável, inovação e mercados.

Os demais 40% são destinados ao fortalecimento institucional de entidades governamentais do Estado e na aplicação e desenvolvimento de políticas públicas estruturantes.

Comentários no Facebook

Comentários no Site

0 comentários

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião da Agência da Notícia. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Agência da Notícia poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.
Comentários com mais de 1300 caracteres serão cortados no limite.

 
Sitevip Internet