Agência da Notícia

Mato Grosso

Agência da Notícia, Terça-feira 4 de Agosto de 2020

0 8
:
1 2
:
1 3

Últimas Noticias

Campanha Publicitária

Notícias / Covid- 19

11 Jul 2020 - 09:25

Até 40 pacientes estão na fila por vagas de UTIs em MT, diz SES

Secretário relatou falta de profissionais e medicamentos para abertura de novas vagas na rede

Mídia News

Victor Ostetti/MidiaNews

 (Crédito: Victor Ostetti/MidiaNews)

Publicidade

O secretário de Estado de Saúde Gilberto Figueiredo reconheceu que há uma fila de doentes infectados com a Covid-19 à espera de leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTI) nos hospitais da rede pública. O número varia, diariamente, entre 30 e 40 pedidos.

 

O boletim divulgado na noite de quinta-feira (9) mostra que Mato Grosso atingiu o maior nível de ocupação em UTIs na rede pública desde o início da pandemia. O Estado tem 98,4% dos leitos ocupados, restando apenas seis vagas para todos os 141 municípios mato-grossenses.

 

O secretário explicou que, apesar de o boletim apresentar números de leitos vagos, muitas vezes eles não têm profissionais para operacionalizá-los.

 

“Temos que admitir que não há leitos. Por dia a demanda é de 30 a 40 pessoas e poucos leitos disponíveis. Isso acontece por dois fatores. [O primeiro é que] Muitas vezes, nós não temos equipe disponível, os médicos estão sendo afastados diariamente”, revelou Figueiredo.

 Segundo o secretário, há mais de mil profissionais de saúde afastados dos hospitais da rede pública por testarem positivo para a Covid-19 ou por serem do grupo de risco.

 

“O segundo fator é que entre a retirada e a entrada de um paciente tem todo um processo de desinfecção a ser feito. Não é simplesmente levanta um, deita o outro”, completou.

 

200 novos leitos

 

O secretário anunciou a abertura de 200 novos leitos de UTI em todo Estado. No entanto, revelou que o Executivo enfrenta dificuldade para a abertura imediata desses espaços.

 

Segundo ele, há falta de profissionais especializados e medicamentos, como sedativos e anestésicos disponíveis.

 

“Eu posso assegurar que nós temos equipamentos para abrir 200 leitos de UTI no Estado. Nesse momento o que falta são profissionais. O esforço para ampliar leitos, estamos fazendo. Pedimos inclusive, ajuda ao Ministério da Saúde para que traga profissionais de outros estados para reforçar nosso time”, disse o secretário.

 

Comentários no Facebook

Comentários no Site

0 comentários

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião da Agência da Notícia. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Agência da Notícia poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.
Comentários com mais de 1300 caracteres serão cortados no limite.

Notícias Relacionadas

 
Sitevip Internet