Agência da Notícia

Mato Grosso

Agência da Notícia, Terça-feira 1 de Dezembro de 2020

1 8
:
5 2
:
1 9

Últimas Noticias

Campanha Publicitária

Notícias / Geral

13 Jul 2020 - 16:40

MPE apura licitações vencidas por empresas ligadas a deputado

A investigação foi aberta no último dia 3 e é conduzida pelo promotor de Justiça Wagner Antônio Camilo

Mídia News

Reprodução

 (Crédito: Reprodução)
O Ministério Público Estadual instaurou quatro inquéritos civis para apurar suposta improbidade administrativa envolvendo licitações realizadas pela Prefeitura de Rondonópolis e que tiveram como vencedoras empresas ligadas ao deputado estadual Ondanir Bortolini, o Nininho (PSD).

 

As investigações foram abertas no último dia 3 e são conduzidas pelo promotor de Justiça Wagner Antônio Camilo.

 

Nos documentos, ele cita denúncias dando conta de que empresas ligadas à família de Nininho venceram – em um intervalo de seis dias – licitações que somam pouco mais de R$ 72 milhões.

 

As construtoras são a Tripolo Ltda e a Deterra Ltda. Ambas têm como sócio administrador o empresário Fausto Presotto Bortolini, que é filho de Nininho.

 

Para cada um dos certames foi aberto um inquérito. As investigações dizem respeito às concorrências públicas 17/2020, no valor de R$ 19 milhões; a 18/2020, ao custo de R$ 7,6 milhões; a de número 19/2020, orçada em R$ 27,7 milhões; e a 21/2020, que totaliza R$ 24,2 milhões.

 

As três primeiras foram vencidas pela Tripolo e a última pela Deterra. Todas têm por objeto a pavimentação asfáltica tipo CBUQ e drenagem de águas pluviais em diversas ruas e avenidas de Rondonópolis.

 

O promotor citou ser “oportuno e conveniente investigar se pode ter ocorrido alguma espécie de fraude à licitação e/ou ao contrato com dano ao erário infração aos princípios regentes da administração pública, que possa tipificar ato de improbidade administrativa”.

 

Wagner Camilo requereu que a Prefeitura de Rondonópolis seja notificada e encaminhe ao MPE cópia integral dos processos licitatórios relativos às concorrências públicas, bem como os respectivos contratos administrativos.

 

Para tanto, foi fixado prazo de 10 dias.

 

Outro lado

 

Procurada, a assessoria de imprensa do deputado Nininho informou que os assuntos relativos à Tripolo e a Deterra devem ser tratados diretamente com as empresas.

A reportagem ainda não conseguiu contato com as empresas.

Comentários no Facebook

Comentários no Site

0 comentários

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião da Agência da Notícia. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Agência da Notícia poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.
Comentários com mais de 1300 caracteres serão cortados no limite.

Notícias Relacionadas

 
Sitevip Internet