Agência da Notícia

Mato Grosso

Agência da Notícia, Terça-feira 4 de Agosto de 2020

0 8
:
3 5
:
5 5

Últimas Noticias

Notícias / Política

15 Jul 2020 - 14:10

Secretário diz que eleição irá aumentar ritmo de infecção da Covid

Secretário de Saúde diz que população faz escolha por cenário crítico ao não respeitar isolamento

Midia News

Publicidade

O Secretário de Estado de Saúde Gilberto Figueiredo (DEM) afirmou que o pleito eleitoral deste ano será mais um ingrediente a aumentar o ritmo de infecção da Covid-19 em Mato Grosso.

Por decisão do Congresso Nacional, a disputa que ocorreria em outubro foi adiada para 15 de novembro, justamente em razão da epidemia que o País atravessa. A nova data coincide com o período que a Saúde acredita que o vírus ainda estará em grande circulação no Estado.

“A infecção veio do Sudeste avançando rumo ao Centro-Oeste e está em franco crescimento, como se fosse uma nuvem de gafanhoto. Vamos conviver com essa pandemia até os meses de outubro, novembro”, disse o secretário.“Hoje, basta você andar na cidade para verificar que o isolamento é baixíssimo. Imagina na eleição, os riscos que o País vai correr. Não tem outro jeito, vai aumentar bastante o ritmo da infecção”, emendou.

As declarações foram dadas na manhã desta quarta-feira (15), durante uma live nas redes sociais.

Na ocasião, o secretário demonstrou preocupação com a realização da disputa, uma vez que acaba sendo inevitável que os candidatos busquem um contato mais próximo com a população.

Ele disse, inclusive, que já vem recebendo denúncias dando conta de que pré-candidatos já deram o pontapé nessas reuniões políticas.

“Que candidato vai ficar parado sem reunião? Por mais que existam recursos como as mídias sociais, o contato é importante. E, sabendo que isso vai ocorrer, teremos que adotar medidas necessárias para minimizar os impactos. Mas, 100% [de segurança] não vamos conseguir”, disse.

Isolamento  

Ainda durante a live, o secretário voltou a tecer críticas ao comportamento da população em relação à doença.

Segundo ele, Mato Grosso ainda vai experimentar alguns meses de crescimento nos números da Covid-19, justamente por conta do desrespeito às medidas de isolamento social.

“Precisávamos ter um isolamento eficiente, mas não temos. No começo até conseguimos, de certa forma, ter uma boa performance. Hoje, o nível de isolamento em Mato Grosso chega a 50% aos finais de semana. Mas ao longo da semana, é sofrível o resultado: cerca de 35%”, disse.

“Isso demonstra que as pessoas estão circulando. Vamos amargar algum desconforto com esse comportamento, por conta dessa opção que população está fazendo”, completou.

Comentários no Facebook

Comentários no Site

0 comentários

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião da Agência da Notícia. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Agência da Notícia poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.
Comentários com mais de 1300 caracteres serão cortados no limite.

 
Sitevip Internet