Agência da Notícia

Mato Grosso

Agência da Notícia, Terça-feira 25 de Janeiro de 2022

0 4
:
2 7
:
4 0

Últimas Noticias

Notícias / Cidades

20 Jul 2020 - 14:40

Ministério da Justiça leiloa milhões em bens de Arcanjo e 'megatraficante' Cabeça Branca

Vinicius Mendes/Olhardireto

O Ministério da Justiça e Segurança Pública irá leiloar bens do bicheiro João Arcanjo Ribeiro, do traficante Luiz Carlos da Rocha, conhecido como "Cabeça Branca", entre outros criminosos. Os leilões devem ocorrer neste semestre, mas ainda não foi divulgado o dia.
O jornal Folha de São Paulo divulgou os nomes de alguns criminosos que terão bens leiloados. Além do ex-governador do Rio de Janeiro Sérgio Cabral, com bens avaliados em R$ 3,8 milhões, consta na lista também o bicheiro João Arcanjo Ribeiro.

O bem de Arcanjo que será leiloado é um hotel no Estado da Flórida, nos Estados Unidos, avaliado em US$ 42 milhões. A propriedade está sendo administrada por um interventor, que inclusive foi acusado de não prestar contas dos lucros, além de ser denunciado por evasão, cooptação de um juiz federal, lavagem de dinheiro e gestão temerária.

Outro criminoso que terá bens leiloados é Luiz Carlos da Rocha, o "Cabeça Branca", maior traficante da América do Sul. Serão leiloados dois imóveis de luxo dele, localizados em Itapema (SC). 

Procurado pela Polícia Federal e pela Interpol, ele foi preso no município de Sorriso (a 401 km de Cuiabá) em julho de 2017. Luiz Carlos possuía uma propriedade rural de 2 mil hectares no município de Tapurá e uma outra no município de Marcelândia. As propriedades eram utilizadas como uma espécie de ‘aeroporto do tráfico’ e eram a porta de entrada dos entorpecentes no país. No total ele tem um patrimônio estimado em US$ 100 milhões.

Os leilões dos bens de João Arcanjo Ribeiro e do traficante "Cabeça Branca" ainda não tiveram data definida.

Comentários no Facebook

Comentários no Site

0 comentários

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião da Agência da Notícia. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Agência da Notícia poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.
Comentários com mais de 1300 caracteres serão cortados no limite.

 
Sitevip Internet