Agência da Notícia

Mato Grosso

Agência da Notícia, Sexta-feira 7 de Agosto de 2020

1 2
:
0 0
:
5 3

Últimas Noticias

Notícias / Agronegócio

22 Jul 2020 - 15:29

Produtor rural de Santa Terezinha tem curral desmanchado e atuado pela SEMA no uso de madeira irregular

Redação - Repórter Agro

Reprodução

 (Crédito: Reprodução)

Publicidade

Na última semana circulou fortemente sobre as redes sociais no Vale do Araguaia, um vídeo que relata agentes da SEMA desmanchando um curral em uma propriedade rural do município de Santa Terezinha.

A ação detalha o momento em que os fiscais do órgão desfazem um curral com o uso de maquinas e equipamentos e apoio da Polícia militar, enquanto o proprietário da madeira inconformado observa sem poder fazer nada. 

O vídeo que causou muita repercussão na população, vindo a questionamentos entre produtores rurais, políticos e influencias da região foi levantado e chegou até a Secretaria de Estado de Meio Ambiente (Sema-MT). 

O órgão se posicionou a respeito do caso, destacando que durante operação realizada pela Regional da Sema de Confresa, foi recebida uma denúncia de que estava sendo realizado a construção de um curral sobre madeiras sem origem. Logo os agentes se direcionaram para o local da denúncia, ao chegar no local se depararam com pilhas de madeiras e início das construções do curral sobre a propriedade rural.

Diante disso a SEMA realizou a apreensão da madeira, delegando que o proprietário estaria na responsabilidade pela mesma até a retirada por parte dos agentes. Porém dias após a ação, ocorreu o grave acidente na BR -158 em que proporcionou no óbito dos servidores Luiz Carlos Rodrigues de Campos, diretor da Diretoria de Unidade Desconcentrada (DUD) Confresa, e Pedro Ferreira dos Santos, motivo este que atrasou a finalização da operação sobre a carga apreendida na propriedade rural.

No dia 20 de junho (segunda-feira) os fiscais retornaram a propriedade rural para retirada da carga ilegal, porém os agentes da SEMA e Polícia Militar de Confresa se depararam com o curral totalmente finalizado no uso da madeira apreendida.

Com tudo, os servidores do órgão iniciaram o desmanche do curral, apreensão da carga e atuaram o produtor rural conforme vídeo abaixo.


Vídeo Relacionado

Comentários no Facebook

Comentários no Site

1 comentário

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião da Agência da Notícia. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Agência da Notícia poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.
Comentários com mais de 1300 caracteres serão cortados no limite.

  • por Deusdete José da Silveira, em 23 Jul 2020 às 08:05

    Precisamos que Bolsonaro demita mais gente. Pra que uma ação dessa em cima de um posseiro que diz ter tirado a madeira em sua própia posse. Madeira seca que ia se perder.

 
Sitevip Internet