Agência da Notícia

Mato Grosso

Agência da Notícia, Sexta-feira 7 de Agosto de 2020

1 1
:
4 5
:
0 3

Últimas Noticias

Notícias / Política

31 Jul 2020 - 11:20

'Situação da covid-19 em Cáceres está normalizada', diz prefeito

Gazeta Digital

Reprodução

 (Crédito: Reprodução)

Publicidade

Depois de dias de sufoco, o prefeito de Cáceres (225 km a Oeste da Capital), Francis Maris (PSDB), disse que a situção da covid-19 na cidade melhorou e o número de casos já estabilizou. A cidade foi uma das primeiras de Mato Grosso a decretar 'lockdown' para conter o avanço da doença na Região Oeste do estado. 

O prefeito disse que aposta no uso do tratamento precoce como forma de reduzir as complicações da covid-19. A cidade também adotou a estratégia de distribuir ivermectina como forma de prevenção da doença. O remédio apresentou bons resultados in vitro, mas carece de ensaios clínicos em humanos. 

"A situação aqui está normalizada, graças a Deus amenizou. Nós estamos distribuindo o kit da Ivermectina pra população e esperamos que possa diminuir o número de pessoas infectadas", disse o tucano.O prefeito disse que a cidade tem recebido os recursos da União para lidar com à pandemia e que tem usado parte do dinheiro para comprar cloroquina para tratar os pacientes sintomáticos da covid-19. Também não há comprovação científica do medicamento no tratamento da covid-19. 

O boletim de quinta-feira (30) mostra que 36 pessoas estão internadas em enfermarias do SUS de Cáceres com covid-19, sendo 18 no Hospital São Luiz e 18 no Hospital Regional de Cáceres. Outras 9 pessoas estão internadas na UTI do Hospital São Luiz, onde a taxa de ocupação é de 90%. 

Cáceres tem 792 casos notificados, sendo 571 pessoas em monitoramento, 137 pessoas recuperadas. A cidade já registrou 34 óbitos por covid-19, segundo o boletim da Secretaria de Estado de Saúde desta quinta. 

Comentários no Facebook

Comentários no Site

0 comentários

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião da Agência da Notícia. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Agência da Notícia poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.
Comentários com mais de 1300 caracteres serão cortados no limite.

 
Sitevip Internet