Agência da Notícia

Mato Grosso

Agência da Notícia, Sexta-feira 7 de Agosto de 2020

1 3
:
1 5
:
3 5

Últimas Noticias

Notícias / Política

31 Jul 2020 - 17:30

Emanuel diz que caminha com os Campos em VG e decisão sobre candidatura do filho passa por Jayme

Max Aguiar/Olhardireto

Reprodução

 (Crédito: Reprodução)

Publicidade

O prefeito de Cuiabá, Emanuel Pinheiro (MDB), usou todo traquejo político para dizer que em Várzea Grande a família Pinheiro caminha com a família Campos. E isso é herança de família, desde o tempo do já falecido ex-deputado federal Emanuel Pinheiro, pai do atual Executivo de Cuiabá e avô do deputado federal Emanuelzinho (PTB), todos com o mesmo nome. O emedebista preferiu não responder sobre a fala de Jayme Campos (DEM), feita na tarde de terça-feira (28), sobre as dificuldades de os Pinheiro disputarem ao mesmo tempo a Prefeitura de Cuiabá e a de Várzea Grande. "Não há capilaridade política para Emanuel 'velho' ser candidado à reeleição e Emanuelzinho ser candidato em Várzea Grande", disse Jayme. 

Em entrevista à Rádio Nativa FM, Emanuel disse que já falou com seu filho, que é possível candidato a prefeito na cidade de Várzea Grande, que do outro lado da ponte eles caminham com a família Campos, ou seja, ele só será candidato se houver "as benção" de Jayme, Júlio e Lucimar Campos. 

"Eu já expliquei pra ele, coisa de pai pra filho, que candidatura de Executivo se constrói de baixo para cima. Não sou eu que está falando que ele será candidato, é a população que está falando. Eu já falei pra ele que ele é novo e não é necessário ser agora. Eu vou fazer o que, se o carisma dele está tomando conta da população? Em VG caminhamos com os Campos, isso tem 60 anos, desde seu avô. Jayme é um grande senador, Lucimar faz um grande trabalho. Agora se ele [Emanuelzinho] conquistou a população, eu tenho culpa disso?", disse o prefeito. 

Em outra entrevista, Emanuel disse que ainda não decidiu se será candidato em Cuiabá, mas em Várzea Grande Jayme será o autor da canetada final para escolher quem brigará pela sucessão de Lucimar no Paço Municipal. 

Por enquanto, Jayme apenas disse que não é impossível. Inclusive já soltou até pesquisa interna para saber como está a avaliação de Emanuelzinho nas ruas da cidade. Mas ainda não decidiu. Para o senador, o DEM tem pelo menos dois nomes a serem avaliados. 

Enquanto isso, Emanuelzinho continua residindo na cidade industrial, já transferiu seu título eleitoral para Várzea Grande e está fazendo diversas ações na Câmara, para garantir recursos para a segunda maior cidade de Mato Grosso.

Comentários no Facebook

Comentários no Site

0 comentários

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião da Agência da Notícia. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Agência da Notícia poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.
Comentários com mais de 1300 caracteres serão cortados no limite.

 
Sitevip Internet