Agência da Notícia

Mato Grosso

Agência da Notícia, Sexta-feira 21 de Janeiro de 2022

2 3
:
4 7
:
0 4

Últimas Noticias

Notícias / Cidades

3 Ago 2020 - 11:30

Quinto pastor da Assembleia de Deus morre de coronavírus em Mato Grosso

Isabela Mercuri/Olhardireto

Reprodução

 (Crédito: Reprodução)
O pastor Beneamito Borges de Moraes Camargo, conhecido como Pastor Camargo, morreu na madrugada do último sábado (1) em decorrência do novo coronavírus (Covid-19). Ele é o quinto pastor da igreja Assembleia de Deus a falecer em decorrência da doença em Mato Grosso.Beneamito atuava na Assembleia de Deus Ministério Nova Jerusalém, em Barra do Garças (516km de Cuiabá), e também era vendedor da loja Todimo. O Sindicato dos Comerciários publicou uma nota de pesar.

A vítima deixa a esposa e filhas. “Beneamito Camargo era um dos mais antigos filiados ao Sindicato dos Trabalhadores no Comércio de Barra do Garças e Região, juntamente com sua esposa, Rose Barros Ferreira, que também participa das atividades do sindicato, e que também é missionária evangélica”, diz a nota.
  
 O Conselho de Pastores do Vale do Araguaia também se manifestou: “O Conselho de Pastores do Vale do Araguaia se solidariza com a família Igreja e amigos pelo falecimento do Pr.Camargo.  Neste momento de dor, nos solidarizamos em especial com seus familiares ratificando nosso voto de pesar pela grande perda e agradecimentos à dedicação e trabalho prestado ao Reino de Deus. Que o Senhor da vida de Paz e conforto a família, neste momento de profunda dor”.
 
No último dia 23 de julho, faleceu também pelo coronavírus o pastor José Damasceno de Castro, que estava à frente da igreja na cidade de Nobres (150km de Cuiabá). Antes de José Damasceno, faleceram também vítimas da Covid-19 o pastor José Geraldo dos Anjos, na última segunda-feira (20); o pastor Sebastião Rodrigues de Souza, no dia 8 de julho; o filho dele, pastor Rubens Siro de Souza, cinco dias antes.

Comentários no Facebook

Comentários no Site

0 comentários

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião da Agência da Notícia. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Agência da Notícia poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.
Comentários com mais de 1300 caracteres serão cortados no limite.

 
Sitevip Internet