Agência da Notícia

Mato Grosso

Agência da Notícia, Terça-feira 22 de Setembro de 2020

2 0
:
5 7
:
1 8

Últimas Noticias

Notícias / Política

4 Ago 2020 - 17:40

Senador confirma apoio a ex-deputado do PSDB; DEM "racha" em MT

Segundo Jayme Campos, Júlio Campos e Dilmar dal Bosco também apoiam Nilson Leitão

LIDIANE MORAES/Folha Max

Reprodução

 (Crédito: Reprodução)
Parte do Democratas decidiu apoiar a pré-candidatura do ex-deputado federal Nilson Leitão (PSDB) ao Senado, na eleição suplementar marcada para 15 de novembro. A confirmação é do senador Jayme Campos (DEM), entusiasta do projeto do tucano.

Segundo Jayme, o ex-governador Júlio Campos (DEM), que chegou a registrar candidatura no pleito que seria realizado em 26 de abril, e o deputado Dilmar Dalbosco também apoiarão Leitão. Existe a possibilidade do DEM indicar Júlio Campos como primeiro-suplente e Dilmar ser o coordenador geral da campanha do tucano“Após várias reuniões, decidimos que nosso candidato será o ex-deputado Nilson Leitão. Ele terá o apoio de Jaime Campos, Júlio Campos e do deputado Dilmar Dalbosco. E ainda pode ter o apoio do deputado Eduardo Botelho (DEM), caso Otaviano Pivetta (DEM) não seja candidato”, afirmou o senador em entrevista ao Jornal do Meio Dia (TV Vila Real).

Jayme disse que o posicionamento dele e do irmão não significa um embate contra o grupo do  governador Mauro Mendes, que sinaliza apoiar o senador interino Carlos Fávaro (PSD). “Ainda não tivemos a oportunidade de conversar diretamente com Mauro, em razão da sua internação em São Paulo. Mas ele já foi informado da nossa decisão e faremos uma reunião com diretório regional do partido e levar o nome de Nilson”, declarou o senador.

Além disso, Jayme reafirmou que o apoio a Nilson é de cunho pessoal e independente. “Não temos vínculo com Carlos Fávaro. Disputamos uma eleição juntos, dentro de uma coligação partidária e não me satisfez. Então, acho que Nilson é o melhor candidato”, comentou. 

Nilson Leitão, que ficou em 5º lugar n a disputa ao Senado em 2018, também chegou a registrar candidatura na eleição marcada para 26 de abril e cancelada por conta da pandemia. Na ocasião, o PSDB lançou “chapa pura”, sem nenhuma coligação.

Comentários no Facebook

Comentários no Site

0 comentários

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião da Agência da Notícia. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Agência da Notícia poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.
Comentários com mais de 1300 caracteres serão cortados no limite.

 
Sitevip Internet