Agência da Notícia

Mato Grosso

Agência da Notícia, Domingo 23 de Janeiro de 2022

1 1
:
3 2
:
0 5

Últimas Noticias

Notícias / Política

25 Set 2014 - 15:40

Muvuca diz que não passou dos limites ao acusar Taques

Ele chamou Taques de "O maior laranja da face da terra”

Agência da Notícia com Mídia News

 O candidato a governador José Marcondes “Muvuca” (PHS) minimizou a decisão do Tribunal Regional Eleitoral (TRE-MT) que determinou que fosse proibida a exibição do programa em que ele chama seu adversário Pedro Taques (PDT) de “O maior laranja da face da terra”.

Ele afirmou que irá acatar a decisão judicial, mas que não acredita que tenha passado dos limites.

“Acredito que não passei dos limites ao chamar Pedro Taques de laranja, porque eu apenas disse a verdade. Faço campanha falando a verdade, tanto na questão dos projetos de governo, quanto em relação às contradições dos adversários”, disse.

No entanto, segundo o candidato do PHS, Taques continuará sendo criticado por ele em outros meios.

“Se a justiça diz que foi ofensa, então irei acatar. Mas isso não me impede de continuar falando a verdade por outros meios como em meu Facebook, e irei continuar apontado a verdade”, afirmou.

Para Muvuca, a prestação de contas de Taques à Justiça Eleitoral é “prova” de que ele não é o verdadeiro candidato ao Governo do grupo oposicionista.

“Ele recebeu mais de R$ 4 milhões de magnatas da soja. A minha campanha não passou de R$ 10 mil. Então, que é o laranja? Se ele for eleito, o que duvido, não será o governador do Estado”, disse.

O candidato do PHS disse ainda, que os coordenadores de campanha de Taques já estariam escolhendo com qual secretaria irão ficar, caso ele seja eleito.

“Taques irá dar a secretaria de Transporte para Luiz Antônio Pagot, a de Educação será do Oswaldo Sobrinho outra irá para o Erai Maggi. Ele pode até não dar para os partidos cada uma das secretarias, mas vai dar para essa oligarquia que banca a campanha dele”, afirmou.

Proibição

O juiz Alberto Pampado Neto, do TRE, suspendeu programa eleitoral de Muvuca, na segunda-feira (22), no qual Taques é chamado de “O maior laranja da face da terra”.

Taques afirmou que o candidato do PHS usou de cunho ofensivo e inverídico, com infração a vários dispositivos legais.

Para Pampado, Muvuca ultrapassou os limites da mera crítica política, ao atribuir-lhe tal pecha.

“Ao que parece, o candidato Muvuca está extrapolando o seu direito à propaganda na televisão, para atingir a imagem pessoal do candidato Pedro Taques, se utilizando inclusive de notícia sabidamente inverídica, quando afirma que ‘a Justiça Eleitoral foi lá e acabou com a festa’, referindo-se ao churrasco no Posto Locatelli”, disse o juiz do TRE em sua decisão.

Comentários no Facebook

Comentários no Site

0 comentários

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião da Agência da Notícia. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Agência da Notícia poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.
Comentários com mais de 1300 caracteres serão cortados no limite.

 
Sitevip Internet