Agência da Notícia

Mato Grosso

Agência da Notícia, Terça-feira 22 de Setembro de 2020

0 5
:
4 7
:
1 2

Últimas Noticias

Campanha Publicitária

Notícias / Economia

7 Ago 2020 - 08:30

TRT barra retorno de bancários que moram com pessoas do grupo de risco

Folha Max

Reprodução

 (Crédito: Reprodução)
O Sindicato dos Bancários de Rondonópolis conseguiu barrar, na Justiça do Trabalho, o retorno ao trabalho presencial de funcionários do Banco do Brasil que moram com pessoas do grupo de risco para Covid-19. A decisão é da 2ª Vara do Trabalho do TRT 23ª Região e foi dada nesta quarta-feira.

O magistrado concedeu a liminar determinando que o BB se abstenha de convocar ou manter trabalhando em atividade presenciais “os empregados que coabitam com pessoas do grupo de risco, enquanto perdurar o estado de calamidade pública”. 

“No caso em tela, permitir que os empregados da instituição financeira que coabitam com pessoas do grupo de risco retornem às atividades presenciais colocariam não somente estes em situação inadmissível de perigo, bem como centenas e até milhares de clientes que procuram seus atendimentos nas agências bancárias, haja vista a facilidade com que se dá o contágio desta moléstia”, diz a decisão.

Em caso de descumprimento, foi fixada multa de R$ 10 mil para cada trabalhador ou trabalhadora que forem obrigadas a trabalhar.

Para o presidente do SEEB/ROO, Luiz Carlos Morais Delgado, a decisão judicial representa uma vitória dos trabalhadores e corrige uma atitude unilateral e equivocada do banco, que colocava em risco a vida das pessoas. “A pandemia ainda não passou e os casos de contaminação em nosso Estado, especialmente, em Rondonópolis, são crescentes. Ainda bem que houve a serenidade da Justiça do Trabalho, e, mais uma vez se posicionou pela preservação da vida e pelos direitos dos trabalhadores”, destacou

Comentários no Facebook

Comentários no Site

0 comentários

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião da Agência da Notícia. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Agência da Notícia poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.
Comentários com mais de 1300 caracteres serão cortados no limite.

 
Sitevip Internet