Agência da Notícia

Mato Grosso

Agência da Notícia, Quarta-feira 2 de Dezembro de 2020

0 3
:
3 4
:
0 5

Últimas Noticias

Campanha Publicitária

Notícias / Eleições 2020

18 Ago 2020 - 10:50

Emanuel prioriza eleição municipal e ainda não definiu quem irá apoiar para o Senado

RD News

Reprodução

 (Crédito: Reprodução)
Oprefeito Emanuel Pinheiro (MDB) ainda não decidiu quem vai apoiar na eleição suplementar ao Senado, que acontece em 15 de novembro, junto ao 1º turno da  eleições municipais adiadas por conta da pandemia do novo coronavírus (Covid-19). Argumenta que está mais preocupado com a decisão sobre concorrer à reeleição ou definir o pré-candidato do seu grupo político formado por 9 partidos (MDB, PTB, PP, PV, Republicanos, PL, PSB, PSDB e PTC), que ainda deve agregar mais dois nos próximos dias.“Estou focado no combate a Covid-19, mas sei que temos um legado de grandes obras estruturantes e compromisso com a população cuiabana para dar continuidade. Por isso, antes de qualquer definição sobre a eleição suplementar ao Senado, preciso definir a situação em Cuiabá. No momento não há decisão sobre candidatura a reeleição, mas o período eleitoral se aproxima. Então, preciso me preocupar com o futuro político da nossa Capital em primeiro lugar”, ponderou Emanuel em entrevista ao .O MDB está fechado com o vice-governador Otaviano Pivetta (PDT) na disputa ao Senado. Além disso, tem forte ligação com o ex-governador Júlio Campos (DEM), confirmado como 1º suplente na chapa do ex-deputado federal Nilson Leitão (PSDB).

Como se não bastasse, circula a informação que o presidente da Câmara, Misael Galvão, e o vereador Adevair Cabral, ambos do PTB, estavam com Pivettta. No entanto, por orientação de Emanuel, migraram para o grupo de Fávaro.

A situação reforça as especulações sobre o posicionamento de Emanuel na eleição suplementar ao Senado. A possibilidade de o prefeito permanecer neutro, pelo menos publicamente, não está descartada.

Coordenação

O secretário municipal  de Obras Públicas Vanderlúcio Rodrigues da Silva (PP) deixou o cargo para que assumir a  coordenação da campanha do grupo político liderado por Emanuel. A partir de agora serão intensificadas as articulações e conversas com a população para que ele decida se será ou não candidato. As convenções começam no final do mês.

Comentários no Facebook

Comentários no Site

0 comentários

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião da Agência da Notícia. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Agência da Notícia poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.
Comentários com mais de 1300 caracteres serão cortados no limite.

 
Sitevip Internet