Agência da Notícia

Mato Grosso

Agência da Notícia, Quarta-feira 21 de Outubro de 2020

1 6
:
0 2
:
2 1

Últimas Noticias

Notícias / Geral

18 Ago 2020 - 17:40

Candidaturas começam a ser definidas no Ministério Público; três confirmam disputa pelo TJMT

Arthur Santos da Silva / Olhar Direto

Rogério Florentino/ Olhar Direto

 (Crédito: Rogério Florentino/ Olhar Direto)
Movimentações nos bastidores do Ministério Público de Mato Grosso (MPE) se intensificaram após regulamentação do processo de escolha dos nomes que integrarão a lista sêxtupla de candidatos a uma vaga de desembargador no Tribunal de Justiça (TJMT).  Conforme aprovado pelo Conselho Superior, todos os membros, procuradores e promotores, terão direito a voto. Segundo apurado pelo Olhar Jurídico, em torno de 10 nomes são especulados.Adriano Augusto Streicher, Lindinalva Rodrigues e Arnaldo Justino já confirmaram a candidatura. Mais nomes ainda avaliam a participação no pleito que deve ocorrer entre os meses de outubro e novembro. Publicação de edital assinado pelo presidente do TJMT, Carlos Alberto Alves da Rocha, ainda é aguardada.
 
Proveniente do concurso de 1993, Adriano Streicher tem mais de 26 anos como promotor de Justiça em Mato Grosso, dos quais, 20 exclusivos no âmbito criminal. “Espero bem desempenhar as funções junto ao TJ, honrando e dignificando a Instituição do Ministério Público”, afirmou ao Olhar Jurídico.
 
Aprovada no concurso em 1997, Lindinalva Rodrigues atuou por quase seis anos no interior. Passou pelas Comarcas de Água Boa, Primavera do Leste e Rondonópolis, até ser deslocada a Cuiabá 2003. Ela é titular de uma das quatro Promotorias de Combate à Violência Doméstica da Capital. Lindinal ganhou destaque por sua atuação como Coordenadora da Comissão Nacional do Ministério Público no Combate à Violência Doméstica e Familiar contra as Mulheres.
 
Promotor de Justiça desde 1997, Arnaldo Justiça promete levar ao Tribunal a dedicação e o estudo desenvolvidos durante toda a carreira no Ministério Público. “Venho de uma família humilde, conheço as agruras da vida como poucos, sei como funciona um colegiado e pautarei pelo respeito aos entendimentos consolidados pelo TJMT e pelos Tribunais Superiores, pela independência e harmonia com os demais poderes, pela civilidade e respeito aos pares, às partes, às instituições e à sociedade”, explicou ao Olhar Jurídico.
 
Especulados
 
Entre os nomes especulados estão Wesley Sanches Lacerda, Márcia Furlan, Eunice Helena Barros, Mauro Zaque, Ezequiel Borges de Campos, Paulo Prado e Marcelo Ferra de Carvalho. Em contato com a reportagem, Wesley Sanches não descartou candidatura, afirmando que a possibilidade ainda é avaliada.
 
Márcia Furlan respondeu ao Olhar Jurídico que não concede entrevistas. Paulo Prado explicou que decidirá sobre a possibilidade de candidatura até o final da semana. A reportagem não conseguiu contato com Eunice Helena, Mauro Zaque, Ezequiel Borges de Campos e Marcelo Ferra.
 
A vaga
 
Criação de nove vagas para o cargo de desembargador do Tribunal de Justiça (TJMT) foi aprovada pela Assembleia Legislativa  de Mato Grosso (ALMT).
 
Das nove cadeiras, sete serão destinadas a juízes - sendo quatro pelo critério de antiguidade e três por merecimento. Duas delas serão referente ao quinto constitucional, uma da OAB (Ordem dos Advogados do Brasil) e outro do Ministério Público Estadual.Após a eleição direta, com a participação de todos o membros do MPE, a lista com os seis nomes será submetida à votação pelo Tribunal Pleno do Tribunal de Justiça, o qual definirá três candidatos. Em seguida, a lista tríplice é enviada para o governador do Estado, que escolhe, entre os três nomes, o desembargador do quinto constitucional. 

Comentários no Facebook

Comentários no Site

0 comentários

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião da Agência da Notícia. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Agência da Notícia poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.
Comentários com mais de 1300 caracteres serão cortados no limite.

 
Sitevip Internet