Agência da Notícia

Mato Grosso

Agência da Notícia, Sexta-feira 18 de Setembro de 2020

0 4
:
5 4
:
4 0

Últimas Noticias

Notícias / Judiciário

20 Ago 2020 - 16:20

Defesa de Arcanjo pede que Justiça suspenda leilão de bens avaliados em R$ 4,5 milhões

Arthur Santos da Silva / Olhar Direto

Rogério Florentino/ Olhar Direto

 (Crédito: Rogério Florentino/ Olhar Direto)
A defesa do ex-bicheiro João Arcanjo Ribeiro pediu que a Justiça Federal em Mato Grosso suspenda leilão de bens programado para ocorrer até o dia 25 de agosto. Segundo o advogado Paulo Fabrini, o pedido é baseado no fato da defesa não ter sido intimada sobre a avaliação dos imóveis.O juiz Paulo Cezar Alves Sodre, da Sétima Vara Federal, determinou que o Ministério Público se manifeste sobre o requerimento do advogado. O leilão versa sobre duas salas comerciais e outros dois imóveis urbanos.
 
A avaliação dos quatro bens atinge o montante de R$ 4,5 milhões. Apesar da avaliação e leilão serem geridos pela Secretaria Nacional de Políticas Sobre Drogas (Senad), Arcanjo não possui condenação ou acusações por tráfico.
 
Dois dos imóveis leiloados são salas comerciais no Edifício Marechal Rondon, situado na rua General Vale, nº 321, Bairro Bandeirantes, em Cuiabá. Cada sala foi avaliada em R$ 163 mil.

Terceiro bem é um lote de terreno urbano situado na Avenida Getúlio Vargas, também em Cuiabá. Há no local edificação de um imóvel comercial com área de 353,65 m². A avaliação divulgada pelo leiloeiro está estabelecida em R$ 1,4 milhão.

O último bem é um terreno comercial situado no lote 3, quadra 15,loteamento Miguel Sutil, sendo 15 metros de frente para a Avenida do CPA, em Cuiabá. Há edificação totalizando 571,16 m². A avaliação divulgada pelo leiloeiro está estabelecida em R$ 2,8 milhões.

Comentários no Facebook

Comentários no Site

0 comentários

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião da Agência da Notícia. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Agência da Notícia poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.
Comentários com mais de 1300 caracteres serão cortados no limite.

 
Sitevip Internet