Agência da Notícia

Mato Grosso

Agência da Notícia, Domingo 25 de Outubro de 2020

1 9
:
0 9
:
0 2

Últimas Noticias

Notícias / Cidades

21 Ago 2020 - 11:30

Prefeitura de MT faz campanha para população não dar esmola

Gazeta Digital

Reprodução

 (Crédito: Reprodução)
A Prefeitura de Sorriso (420 km ao norte da Capital) criou uma campanha inusitada. Os panfletos distribuídos pela cidade pedem que a população não dê esmolas para as pessoas as pessoas em situação de vulnerabilidade social, mas que, em compensação, as encaminhem para o Centro de Referência Especializado de Assistência Social (CREAS) para atendimento.

"Ver uma pessoa pedindo dinheiro no semáforo, expondo a fome ou outras necessidades tão básicas, dá um aperto no coração, não é? De repente, você se lembra de quão farta é sua mesa, e num impulso de empatia, você resolve ver quanto tem no bolso para ajudar imediatamente aquela pessoa", diz trecho da campanha.Segundo a prefeitura, dar dinheiro para essas pessoas pode impedir "que a pessoa saia da situação de rua e passe a ser protagonista de uma nova forma de vida". A ideia é encaminhar para atendimento que inclui psicólogo, médico e assistente social.

De janeiro a junho foram atendidas 373 pessoas pela campanha, das quais 251 eram de outras cidades e estados. Destes, 88 decidiram voltar para a terra natal e ganharam passagem para casa.

Além de encaminhar essas pessoas para a sede do CREAS, localizada na rua Otávio de Souza Cruz, 275, é possível conseguir mais informações e também apoio pelos telefones (66) 3544-9683, (66) 3545-1577 ou pelo Disque 100.

Comentários no Facebook

Comentários no Site

0 comentários

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião da Agência da Notícia. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Agência da Notícia poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.
Comentários com mais de 1300 caracteres serão cortados no limite.

 
Sitevip Internet