Agência da Notícia

Mato Grosso

Agência da Notícia, Sábado 19 de Setembro de 2020

1 6
:
0 2
:
0 4

Últimas Noticias

Notícias / Eleições 2020

27 Ago 2020 - 15:00

PT ainda tenta apoio do PCdoB para ter ex-reitora como suplente de Barranco

RD News

Reprodução

 (Crédito: Reprodução)
OPT ainda tenta conquistar o PCdoB para ter Maria Lúcia Cavalli Neder na 1ª suplência do pré-candidato ao Senado Valdir Barranco. Enfraquecido, o partido enfrenta dificuldades na articulação com outras siglas de esquerda no estado e não é a primeira tentativa de aproximação com a sigla da ex-reitora da UFMT.  Apesar das tentativas, ela estaria mais próxima de apoiar a chapa do vice-governador Otaviano Pivetta (PDT), na qual pode ocupar a 2ª suplência.Outra possibilidade levantada, seria contar com o apoio da Rede, que em março (nas convenções que acabaram suspensas por conta da pandemia da Covid-19), formou chapa com a ex-superintendente do Procon Gisela Simona (Pros). A advogada recuou da candidatura à Senatória e, agora pré-candidata a prefeita, declarou apoio ao advogado especialista em recuperação judicial de empresas, Euclides Ribeiro (Avante).A formação de uma frente de esquerda em Mato Grosso ainda é distante. Assim como em todo o país, o PT não consegue aglutinar com outras siglas. Em entrevista ao RDTV nesta quinta (27), o deputado Lúdio Cabral comentou o desgaste da esquerda e acredita que isso se deva ao “perfil conservador do eleitorado”.

“Ainda não temos uma definição para as chapas, mas estamos em conversas com a ex-reitora Maria Lúcia, ela já demonstrou que não pretende concorrer a cargo do Executivo. Se não fechar com o PC do B, o PT vai sair com chapa pura”, disse.

Quem está à frente da articulação com partidos de esquerda e centro-esquerda é o próprio pré-candidato Valdir Barranco. Antes da suspensão da eleição suplementar ao Senado, o PT ia disputar com chapa pura, tendo Gilmar Soares na 1ª suplência e a professora Enelinda na 2ª suplência.

Comentários no Facebook

Comentários no Site

0 comentários

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião da Agência da Notícia. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Agência da Notícia poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.
Comentários com mais de 1300 caracteres serão cortados no limite.

 
Sitevip Internet