Agência da Notícia

Mato Grosso

Agência da Notícia, Sexta-feira 18 de Setembro de 2020

1 4
:
3 4
:
4 7

Últimas Noticias

Notícias / Economia

27 Ago 2020 - 16:10

MT vai receber R$ 50 milhões para auxílio aos profissionais da cultura

Estima-se que de 8 a 10 mil pessoas vão ter acesso a esse recurso.

G1-MT

Reprodução

 (Crédito: Reprodução)
Na semana passada, o governo federal regulamentou a Lei Aldir Blanc, que prevê auxílio financeiro ao setor cultural. As parcelas vão começar a ser distribuídas no final de setembro ou começo de outubro. Estima-se que de 8 a 10 mil pessoas vão ter acesso a esse recurso.

Logo no início da pandemia os eventos culturais foram suspensos. São R$ 3 bilhões que serão distribuídos, metade para o estado e metade para os municípios. Mato Grosso deve receber R$ 50 milhões.

O secretário de Cultura Esporte e Lazer, Alberto Machado, diz que o governo vai disponibilizar um edital para que as pessoas possam se cadastrar e ter acesso ao auxílio. A secretaria ainda vai lançar uma cartilha orientativa para o governo e os municípios.

“É muito importante que não só o estado faça acesso a esse montante, mas que os municípios também consigam receber esse dinheiro pra que ele chegue na ponta final, onde as vezes o estado não consegue auxiliar”, afirma.

A pessoa física pode se cadastrar na plataforma e ficar apta a receber esse benefício, mas tem algumas restrições. Quem já recebe auxílio emergencial do governo não pode se cadastrar para receber esse outro auxílio.

Vão ser lançados editais para outros segmentos para que associações,e grupos maiores consigam ser beneficiados. Grupos culturais de dança e bandas também poderão receber. As equipes técnicas que carregam os instrumentam, ajudam a montar, também podem se cadastrar no edital.Serão três parcelas de R$ 600. O cadastro exige um pequeno portfólio para que seja analisado pela equipe técnica. Os pagamentos começarão a ser depositados no final de setembro e começo de outubro.

“O setor cultural, ao mesmo tempo que sofreu muito com a pandemia, foi um grande desafogo da sociedade nesse período. São livros, peças, filmes, músicas que manteve a nossa sanidade, foi o que manteve a cabeça da população minimamente tranquila foi o acesso que ela teve as artes, então que a população consiga dar importância à cultura e a arte”, afirma.

Comentários no Facebook

Comentários no Site

0 comentários

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião da Agência da Notícia. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Agência da Notícia poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.
Comentários com mais de 1300 caracteres serão cortados no limite.

 
Sitevip Internet