Agência da Notícia

Mato Grosso

Agência da Notícia, Sexta-feira 18 de Setembro de 2020

0 4
:
1 0
:
3 9

Últimas Noticias

Notícias / Agronegócio

3 Set 2020 - 15:10

Milho: B3 acompanha o dólar e perde força nesta 5ªfeira

Notícias Agrícolas

Reporter Agro: Tiago Seiffert

 (Crédito: Reporter Agro: Tiago Seiffert)
A quinta-feira (03) segue com os preços futuros do milho perdendo força na Bolsa Brasileira (B3). As principais cotações registravam movimentações negativas entre 0,99% e 2,12% por volta das 11h49 (horário de Brasília).

O vencimento setembro/20 era cotado à R$ 56,83 com baixa de 0,99%, o novembro/20 valia R$ 55,49 com perda de 1,68%, o janeiro/21 era negociado por R$ 55,80 com queda de 2,02% e o março/21 tinha valor de R$ 54,81 com desvalorização de 2,13%.

Influenciando as movimentações do cereal brasileiro, o dólar também caia nesta quinta-feira. A moeda americana era cotada à R$ 5,30 com perda de 0,601% por volta das 11h53 (horário de Brasília).

De acordo com análise da Agrifatto Consultoria, a realização de lucros e o “medo” de maiores ajustes das Pessoas Físicas fizeram as cotações do milho caíram na B3.

Mercado ExternoOs preços internacionais do milho futuro também caíam na Bolsa de Chicago (CBOT) nesta quinta-feira. As principais cotações registravam movimentações negativas entre 2,75 e 3,25 pontos por volta das 11h41 (horário de Brasília).

O vencimento setembro/20 era cotado à US$ 3,47 com queda de 2,75 pontos, o dezembro/20 valia US$ 3,55 com desvalorização de 3,25 pontos, o março/21 era negociado por US$ 3,66 com baixa de 3,00 pontos e o maio/21 tinha valor de US$ 3,73 com perda de 2,75 pontos.

Segundo informações do site internacional Farm Futures, os futuros do milho caíram esta manhã, com os traders estabelecendo posições antes do relatório WASDE da próxima semana. Além disso, a temperatura de resfriamento favoreceu as lavouras que foram poupadas dos danos causados ​​pelo vento, aumentando as incertezas sobre o tamanho da safra de milho de 2020.

O mercado também aguarda que o Departamento de Agricultura dos Estados Unidos (USDA) divulgue os dados atualizados de vendas de exportação em seu relatório semanal. Prevê-se que as vendas de exportação de milho de safra antiga sejam mínimas, variando entre -2,0 milhões e 3,9 milhões de bushels (entre -50.800 e 99.060 toneladas).

As perspectivas para as vendas da nova safra de milho são muito mais fortes à medida que o ano-safra 2019/20 chega ao fim, com estimativas de analistas marcando vendas para a semana encerrada em 27 de agosto em 59,1 milhões - 98,4 milhões de bushels (1,501 milhão e 2,499 milhões de toneladas).

Comentários no Facebook

Comentários no Site

0 comentários

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião da Agência da Notícia. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Agência da Notícia poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.
Comentários com mais de 1300 caracteres serão cortados no limite.

 
Sitevip Internet