Agência da Notícia

Mato Grosso

Agência da Notícia, Quinta-feira 22 de Outubro de 2020

0 9
:
1 8
:
0 1

Últimas Noticias

Notícias / Política

21 Set 2020 - 09:30

Candidato, deputado não descarta privatizar o DAE em VG

Crise no abastecimento de água deve dominar debate na campanha eleitoral da Cidade Industrial

ALLAN MESQUITA

Reprodução

 (Crédito: Reprodução)
Candidato à prefeitura de Várzea Grande, o deputado federal Emanuelzinho (PTB) não descarta a privatização do Departamento de Água e Esgoto de Várzea Grande (Dae) para solucionar o problema com a falta de água, que castiga os moradores da região metropolitana há décadas. A falta de abastecimento, inclusive, deve ser o principal tema da campanha.

“Vamos avaliar a possibilidade ou não de uma privatização e qual seria a validade de um concessão em Várzea Grande. Não é minha alternativa principal, mas vamos estudar”, pontuou o deputado na última quarta-feira (17), durante a convenção partidária que homologou sua candidatura no município.As declarações ocorrem em meio a crise no abastecimento de água que vem se agravando no município nos últimos meses. O problema ficou ainda mais evidente devido a pandemia do coronavírus. Entre os bairros mais afetados estão o Cristo Rei, Alameda, Uniparque, Construmat, Manga e Ponte Nova, entre outros.

Na cidade, o fornecimento de água na cidade é feito com o acionamento de bombas elétricas, mas que devido à estiagem acabam reiniciando de maneira automática. No entanto, a dificuldade de captação prejudica o fornecimento.

De acordo com a prefeitura de Várzea Grande, o consumo de água aumentou muito devido ao período de isolamento social, onde as pessoas ficaram mais em casa. No entanto, não houve nenhuma estratégia para atender a alta demanda. 

Ao responder os questionamentos da imprensa em torno do problema, Emanuelzinhou explicou que, se eleito, primeiramente pretende solucionar a escassez de água através de uma reforma administrativa no Dae. “A gente quer buscar avaliar uma possibilidade de uma reforma administrativa, cortando despesas e cargos que estão em excesso e sobrecarregam a máquina pública”, concluiu. 

Comentários no Facebook

Comentários no Site

0 comentários

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião da Agência da Notícia. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Agência da Notícia poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.
Comentários com mais de 1300 caracteres serão cortados no limite.

 
Sitevip Internet