Agência da Notícia

Mato Grosso

Agência da Notícia, Quarta-feira 21 de Outubro de 2020

2 2
:
1 4
:
3 8

Últimas Noticias

Notícias / Polícia

23 Set 2020 - 17:20

Ex-candidato a prefeito de MT é preso por estuprar prima de 13 anos

Nabson pode ficar preso até por 15 anos

ALLAN MESQUITA

Reprodução:

 (Crédito: Reprodução:)
O ex-candidato a prefeito de Guarantã do Norte Nabson Natan Lourenço Pires, de 31 anos, foi preso acusado de estuprar a própria prima de 13 anos de idade. A prisão aconteceu na última segunda-feira (21) no bairro Jardim Goiás, em Gôiania. 

De acordo com o boletim de ocorrência, o crime ocorreu no dia 11 de setembro em Guarantã do Norte por volta das 23h, quando a menina dormia na casa da mãe de Nabson. A adolescente contou que o suspeito passou a mão em seus seios e tentou tirar sua calcinha. Ainda segundo as informações, na ocasião Nabson teria retirado o pênis para fora da roupa, próximo a menina. Diante da denúncia ele foi investigado pela Polícia Civil por suposta prática de abuso sexual contra a menor e teve a prisão preventiva decretada por cometer crime de estupro de vulnerável, cuja pena é de até 15 anos de reclusão. 

IMPROBIDADE ADMINISTRATIVA 

Valem lembrar também que Nabson também já foi acusado por prática de Improbidade Administrativa por suposta fraudes em concurso público, quando era secretário-geral de Guarantã. De acordo com o Ministério Público, o nome de Nabson foi listado nas inscrições deferidas do concurso.

No decorrer das investigações, foram encontradas assinaturas do então secretário-geral, que também era candidato no concurso, em documentos referentes à contratação da empresa responsável pela realização do certame.

Nabson, ao final, foi aprovado em primeiro lugar para um dos cargos em disputa, mas teve R$ 56 mil em bens bloqueados pela justiça. “Resta claríssimo, portanto, que houve participação direta de candidato do concurso público na própria organização do certame de que participou, enquanto ocupava cargo comissionado do mais alto escalão do Poder Legislativo de Guarantã do Norte”, considerou o promotor de Justiça na ação.

Comentários no Facebook

Comentários no Site

0 comentários

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião da Agência da Notícia. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Agência da Notícia poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.
Comentários com mais de 1300 caracteres serão cortados no limite.

 
Sitevip Internet